Dietas

O que são BCAAs

5 (100%) 29 votes

Existem três BCAAs: leucina, isoleucina e valina, que são todos os aminoácidos essenciais não produzidos pelo organismo, mas necessários para a sobrevivência.

BCAAs são a maior coleção de aminoácidos no corpo, representando até 35% das proteínas musculares.

Normalmente, os BCAAs são excretados rapidamente.

Os intermediários de BCAA podem ser tóxicos em altas concentrações, portanto a quebra funcional de BCAA é vital.

As fórmulas do BCAA estão no mercado desde 1996, principalmente no tratamento de doenças hepáticas, como cirrose e hipoalbuminemia.

Hoje em dia, os BCAAs são utilizados principalmente por fisiculturistas para fins de exercício, para aumentar a energia e para aumentar a síntese proteica (especialmente a leucina).

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

→ Dieta da Sopa
→ Dieta da Fruta
→ Hidratação para Cabelos
→ Unha Encravada
→ Remedio Caseiro Dor de Dente
→ Como Acabar com Piolhos
→ Dieta da Proteina Cardapio

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Suplementos

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Suplementos Para Emagrecer, os 10 Melhores Para Queimar Gordura

 

BCAA benefícios

 

BCAA melhora o desempenho do exercício

O exercício leva ao uso de aminoácidos. Os BCAAs se tornam rapidamente esgotados após o exercício, mostrando os possíveis efeitos benéficos da suplementação com BCAA.

Em um estudo controlado aleatório duplo-cego (DB-RCT) de 218 corredores de maratona, a suplementação de BCAA melhorou o desempenho mental.

Os tempos de corrida dos atletas mais lentos melhoraram, mas não houve melhorias nos corredores mais rápidos.

Em um estudo (DB-RCT) de 12 voluntários, o BCAA suplementa o aumento de potência.

No entanto, diminuição da fadiga e esforço pode ser a causa da elevação de potência.

Em outro DB-RCT de 36 homens, a suplementação de BCAA aumentou sua força muscular em comparação com outros suplementos, como proteína de soro e suplementos de carboidratos.

Este efeito pode ser causado por aumentos no cortisol, como visto em um RC-RC de 10 voluntários.

Cortisol controla a resposta de luta ou fuga, que pode encher músculos com glicose, fornecendo quantidades breves, mas excelentes de energia.

No entanto, um estudo de 12 atletas não encontrou aumentos na força do punho após a suplementação com BCAA.

Além disso, a suplementação excessiva de BCAA pode diminuir o desempenho do exercício.

Um estudo de ratos mostrou que uma dieta suplementada com BCAA de 3,57% aumentou o tempo de natação até a exaustão em 37%.

No entanto, uma dieta suplementar aumentada de BCAA (4,76%) diminuiu os tempos de natação em 43%, em comparação com os controles.

 

BCAA reduz a fadiga e aumenta a resistência

Em um estudo (DB-RCT) de 218 corredores de maratona, a suplementação de BCAA reduziu a fadiga após uma corrida. Em outro DB-RCT de 7 voluntários, sua fadiga diminuiu em média 17,2%.

Da mesma forma, a suplementação de BCAA pode aumentar a resistência. Em um DB-RCT de 10 corredores, os corredores que receberam suplementos BCAA apresentaram melhores tempos por dois dias consecutivos nas corridas 5.000 e 10.000 m.

Os suplementos de BCAA também aumentam o limiar de lactato (LT) em um estudo (DB-RCT) de 8 voluntários. LT mede a capacidade de resistência como qualquer exercício abaixo do LT significa que o lactato não se acumula nos músculos.

O consumo de oxigênio (VO2) é uma medida de LT e o estudo mostrou que as medidas gerais do VO 2 aumentaram 13% e o VO 2 máximo aumentou 4,2%.

No entanto, um DB-RCT de 10 voluntários submetidos ao exercício aeróbio mostrou que a suplementação de BCAA não teve efeito sobre a fadiga. Existem outros estudos que validaram esses resultados.

Além disso, a suplementação excessiva de BCAA leva ao aumento da produção de amônia, promovendo a fadiga.

 

BCAA pode melhorar a perda de gordura

Em um DB-RCT de 7 voluntários, a suplementação de BCAA aumentou a perda de gordura que está associada a melhorias no exercício aeróbio.

No entanto, em um DB-RCT de 24 esquiadores, a suplementação de BCAA causou menos perda de peso (em oposição à perda de gordura) em relação aos controles (1,2% em comparação com 2,1%).

 

BCAA aumenta a massa muscular

Em um DB-RCT de 36 construtores de corpo, os suplementos de BCAA aumentou a massa magra em uma média de 4 kg, o que foi mais do que outros suplementos de musculação, como suplementos de carboidratos e proteína de soro de leite.

 

BCAA pode reduzir a dor

Em um DB-RCT de 12 voluntárias saudáveis do sexo feminino, os suplementos de BCAA diminuíram a dor muscular do início retardado (DOMS) em 80%. A dor reduz o desempenho do exercício nos dias subsequentes.

No entanto, em um DB-RCT de 21 voluntários mais velhos, a suplementação de BCAA não melhorou a dor muscular.

 

BCAA pode reduzir danos musculares

Complementar com BCAAs diminui a degradação da proteína nos músculos.

Estudos adicionais mostraram que a suplementação com um metabolito de leucina (HMB) levou a níveis mais baixos de enzimas que indicam danos musculares.

 

BCAA pode aumentar o desempenho da memória de curto prazo após o exercício

Um DB-RCT de 12 voluntários mostrou que, após o exercício, os atletas sem suplementação com BCAA reduziram a memória de curto prazo.

O desempenho da memória em voluntários suplementados com BCAA não diminuiu.

 

BCAA pode diminuir os tempos de reação

Em um DB-RCT de 10 jogadores de futebol, aqueles que receberam suplementos de BCAA mostraram uma diminuição de até 10% no tempo de reação em comparação com os controles.

 

BCAA pode reduzir a extensão perceptível

Em um DB-RCT de 7 ciclistas, a suplementação de BCAA reduziu o esforço que os atletas em até 7%.

No entanto, mesmo que seu esforço fosse menor, seu desempenho de exercício não alterou.

 

BCAA reduz a dor perceptível

A norepinefrina é liberada no cérebro para administrar a dor.

A suplementação de BCAA em ratos aumentou a norepinefrina, reduzindo assim a dor.

 

BCAA melhora a respiração

A suplementação de BCAA diminuiu os níveis de CO2 no sangue em 9%, o que normalmente aumenta com o exercício.

Também aumentou a ingestão média de oxigênio (em 19%) e ventilação minuto (22%), que mede o volume de gás inalado pelos pulmões por minuto.

Finalmente, a suplementação de BCAA aumenta a resposta ventilatória, o que permite ao corpo processar e receber oxigênio a taxas mais elevadas.

 

BCAA não afeta a frequência cardíaca

Embora alguns usuários do BCAA mencionem isso como uma preocupação típica antes de iniciar a suplementação, evidências científicas mostram que os BCAAs não afetam a frequência cardíaca por si mesma.

Em um estudo de 12 homens que tomaram BCAA e suplementos de carboidratos, os suplementos não aumentaram a frequência cardíaca.

Outros estudos mostraram que a frequência cardíaca não mudou, ou que ele mesmo diminuiu.

O aumento da frequência cardíaca observada por alguns usuários pode ser devido a outros componentes nos suplementos, como a cafeína.

 

BCAA pode melhorar a saúde do fígado

Em um DB-RCT, a suplementação de BCAA não só aumentou o estado nutricional, mas também melhorou o sono e diminuiu a fadiga nos pacientes com cirrose hepática.

Além disso, em um DB-RCT de 16 controles, 20 pacientes com hepatite crônica e 100 pacientes com cirrose, o suplemento de BCAA aumentou muito a albumina no sangue, o que leva a diminuição nas duas doenças do fígado.

A taxa de sobrevivência do fígado sem qualquer evento prejudicial foi de cerca de 63,6% com suplementação de BCAA.

 

BCAA pode ajudar os rins

A suplementação de BCAA reduz as chances de insuficiência renal em até 40%.

Aumenta os níveis de aminoácidos, mas não a ingestão de proteínas, o que diminui o dano nos rins.

A suplementação de BCAA também melhorou o apetite e a nutrição em pacientes em diálise.

 

BCAA pode prevenir insuficiência cardíaca

Em estudos em ratos, a suplementação com BCAA melhorou os resultados após a insuficiência cardíaca induzida e a caquexia cardíaca (perda de peso severa), melhorando as funções como:

– Diminuição da frequência cardíaca
– Aumento da função cardíaca
– Aumento do tempo de sobrevivência
– Diminuição da perda de peso
– Aumento da função mitocondrial

Nos humanos, as deficiências de ruptura do BCAA estão ligadas ao aumento do risco de doença cardíaca.

 

BCAA podem aumentar a energia

Durante os estados de níveis de aminoácidos aumentados, os aminoácidos competirão com a glicose para fornecer energia, tornando – se assim uma fonte secundária de energia.

Em um estudo, pessoas com níveis elevados de aminoácidos exigiam 36% menos de glicose.

Em ratos, isoleucina (um BCAA) diminuiu o uso de glicose em 20% no sangue e 71% nos músculos.

Isoleucina e valina também podem ser convertidas em glicose para energia.

Um grama de BCAA é de cerca de 4 calorias.

bbca

 

BCAA podem melhorar a resistência à insulina e diabetes

A resistência à insulina aumenta os níveis de açúcar no sangue. Em um DB-RCT de 27 pacientes que sofreram resistência à insulina ou hepatite C, os suplementos de BCAA melhoraram a resistência à insulina muscular em 10 dos pacientes (mas permaneceram inalterados no resto).

Além disso, os níveis de BCAA podem ser usados para prever a resistência à insulina.

Em um estudo de perda de peso de 500 participantes, a resistência à insulina foi correlacionada com o aumento dos níveis de BCAA.

A resistência à insulina é a causa mais comum do diabetes tipo 2. Em um estudo de longo prazo de 2.422 indivíduos, após 12 anos, 201 pacientes com resistência à insulina desenvolveram diabetes tipo 2 e apresentaram níveis mais elevados de BCAAs.

Além disso, os níveis de leucina na urina foram significativamente maiores em 55 pacientes com diabetes tipo 2.

A suplementação de BCAA aumenta o risco de diabetes tipo 2.

Em um estudo de 15 anos de 155 mulheres de meia idade, o aumento da ingestão de BCAA em até 20% aumentou os riscos de diabetes tipo 2 em 7%.

 

BCAA pode melhorar o sono

Alguns pacientes com problemas renais desenvolvem distúrbios do sono, como a apneia do sono, que podem reduzir a qualidade e o tempo do sono.

Em um estudo de 7 pacientes, tomar suplementos de BCAA à noite aumentou o sono rápido do movimento dos olhos (REM) e diminuiu os níveis de CO2 final, o que é importante para sonhar e função respiratória durante o sono.

 

Limitações da suplementação com BCAA

Os mecanismos de BCAA e as proporções de aminoácidos para o tratamento de dano e dor muscular são ainda desconhecidos.

Além disso, a suplementação de BCAA pode interferir com a absorção de outros aminoácidos.

A barreira hematoencefálica utiliza mecanismos similares para a absorção de aminoácidos.

A suplementação extra de BCAA pode levar à diminuição da absorção de triptofano, tirosina e glutamina.

 

BCAA efeitos colaterais

 

1) BCAA pode levar a hiperamonemia

A suplementação de BCAA injetável aumenta os níveis de amônia no sangue (hiperamonemia), o que pode levar a uma variedade de distúrbios cerebrais diferentes, como síndrome de Reye e deficiências das enzimas do ciclo da ureia.

Além disso, a hiperamonemia leva ao aumento da fadiga.

 

2) BCAA pode levar a esclerose lateral amiotrófica ( ALS )

ALS é uma das doenças neuromusculares mais comuns, especialmente em atletas.

Isso é causado pelo aumento dos níveis de BCAA, levando ao aumento da excitação de certos neurônios.

Estes neurônios tornam-se hiperexitos em níveis tóxicos, causando ALS.

 

3) BCAA diminui a absorção de outros aminoácidos

Os aminoácidos aromáticos (fenilalanina, tirosina e triptofano) competem com os BCAAs para se absorverem no cérebro.

Fenilalanina e tirosina aumentam a dopamina.

Portanto, os suplementos de BCAA podem reduzir a dopamina.

 

Dosagem BCAA

Ainda não há dados suficientes para a dosagem correta do BCAA. No entanto, um estudo (DB-RCT) descobriu que 0,087 g / kg a uma proporção de 2: 1: 1 (leucina: isoleucina: valina) melhoraram os fatores de desempenho, como força e diminuição da dor.

A dosagem recomendada para leucina, um dos BCAAs, em musculação para um peso médio masculino é de cerca de 35 gramas / dia.

Recomenda-se que tome suplementos de BCAA antes e depois do exercício para reduzir o dano muscular.

É importante lembrar que a dosagem excessiva pode ter o efeito oposto e piorar o desempenho.

Em um estudo de ratos, os suplementos excessivos de BCAA aumentaram a fadiga.

Embora existam dados clínicos sobre doses tóxicas em estudos de ratos, dados em humanos não estão disponíveis.

BCAAs são aminoácidos essenciais que os fisicultores usam.

Os BCAAs ajudam muitos atletas a aumentar a produção de energia, reduzir a fadiga e melhorar a perda de gordura.

No entanto, o uso excessivo de BCAA pode ter efeitos colaterais negativos, como reduzir o desempenho e aumentar o risco de diabetes tipo 2.

 

Formas de suplementação BCAA

Os BCAAs podem ser complementados como:

– Em pó
– Limonada
– Cápsulas
– Comprimidos

As formas de pó ou limonada tendem a ser piores, mas são os mais populares.

Isso ocorre porque você tem que tomar muitas cápsulas ou comprimidos para obter o valor recomendado e demoram mais para digerir.

Além disso, os alimentos com alto teor de proteínas, como frango, peru, carne bovina, porco, leite e queijo, serão elevados no conteúdo de BCAA.

 

Interações medicamentosas

BCAA com morfina, uma medicação para dor, aumenta a eficácia e a duração do alívio da dor.

 

Sinergias com outros suplementos

Em um DB-RCT de 10 corredores de resistência, a combinação de suplementos de BCAA com suplementos de arginina e citrulina melhorou o tempo de execução.

Enquanto a suplementação com BCAA pode aumentar os níveis de amônia, a arginina e a citrulina diminuem ambos, tendo assim um efeito protetor.

 

BCAA contraindicações

Pessoas com várias doenças não devem tomar suplementos de BCAA.

Os pacientes com doença de McArdle absorvem e degradam BCAA em pó em taxas muito mais altas.

Quando eles tomaram suplementos de BCAA, as taxas cardíacas aumentaram e o desempenho do exercício diminuiu.

Doce de urina de xarope de bordo é causado por deficiências na molécula responsável pela degradação de BCAA (a-ceto-ácido desidrogenase de cadeia ramificada).

Esses indivíduos terão níveis excepcionalmente elevados de BCAA, e a suplementação poderá piorar seus sintomas.

 

BCAA devem ser tomados por diabéticos

Embora não tenha sido totalmente validado, a suplementação de BCAA demonstrou conservar os níveis de glicose e glicogênio no sangue.

Os diabéticos devem ser cautelosos em tomar suplementos de BCAA, especialmente durante o exercício, quando os níveis de glicose devem diminuir, uma vez que os suplementos de BCAA ajudam a conservar os níveis de glicose.

 

Genes relacionados ao BCAA

Em um estudo de 73 obesos e 77 pacientes magros, os níveis de BCAA foram significativamente maiores em pacientes obesos.

A suplementação de BCAA pode levar à ativação de certos caminhos, como mTOR, S6K1 e IRS1, que podem levar à resistência à insulina.

O Factor 15 de Krüppel-like (KLF15) é um regulador chave da via catabólica BCAA do coração. O KLF15 defeituoso aumenta os níveis de a-cetoácidos de cadeia ramificada (BCKA), que são conhecidos por promover defeitos cardíacos e falhas.

 

BCAA – Comentários de usuários

Os usuários do suplemento BCAA dizem que seus exercícios melhoraram bastante.

Um usuário afirma que os suplementos de BCAA ajudaram mesmo durante a fase de “corte”.

Outras críticas mencionam que é difícil dar errado com os suplementos BCAA independentemente da marca.

 

BCAA preço

O preço de BCAA está entre R$ 55,00 Á 150,00 ou U$35 dolar. Dependendo da marca e quantidade.

 

BCAA onde comprar

Você encontra em lojas online ou em lojas de suplementos de sua cidade.

 

BCAA como usar

Quando for tomar em liquido ou pó, deve ser em media de 4 a 8 gramas, tome com água ou leite, antes do treino e após o treino.

No caso de pirula deve tomar 1 antes do treino.

A recomendação certa vai conter na embalagem do BCAA.

ATUALIZADO: 12.04.18

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

→ Como Tirar Olheiras
→ Como Parar a Menstruação
→ Como Fazer o Cabelo Crescer
→ Cha de Canela Menstruação
→ Como Acabar com a Caspa
→ Como Desentupir o Ouvido
→ Sintomas de Menstruação
→ Remedio Para Queda de Cabelo
→ Clareamento Dental
→ Dieta Detox