Beleza e Estética

Aftas: Principais Causas e Melhores Tratamentos (GARANTIDO)

5 (100%) 34 votes

 

 

As aftas são úlceras pequenas e rasas que surgem pela cavidade oral, normalmente na mucosa bucal, por baixo da língua e pelas gengivas.

A característica é oval, no geral branca ou um pouco amarelada, com bordas avermelhadas e medição em torno de 1 cm de diâmetro.

Não é entendida de forma exata a causa do surgimento das aftas.

Mas alguns fatores, em conjunto ou de forma separada, podem ser determinantes para a ocorrência.

Aftas na língua são mais comuns para mulheres, e em torno de 30% das pessoas com esse fator apresentam casos pela família, talvez pela genética ou exposição ambiental parecida.

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

Remédio para Afta 17 Receitas que Funcionam (GARANTIDO)

 

>> Recomendamos Para Você:

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre aftas

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) Afta na Boca – Causas, Sinais de Gravidade

 

FICA A DICA:

Aftas são pequenas úlceras rasas que aparecem na cavidade oral, geralmente na mucosa bucal, nas gengivas e embaixo da língua.

Machucados pequenos por acidentes ou muita escovação podem gerar ambiente para surgimento das aftas.

E o sistema imunológico afetado, reação alérgica à bactéria bucal, falta da vitamina B12, doença inflamatória associada ao sistema digestivo, e também estresse emocional podem ser contribuintes para o problema.

E as aftas não são geradas pelos vírus herpes.

Os sintomas podem ser em 1 ou 2 dias anteriormente ao aparecimento da afta.

A sensação de ardor ou queimação na área afetada é comum, e no aparecimento de quantidade grande de aftas, pode ser complicado engolir alimentos e líquidos, em especial com acidez.

De forma eventual, podem surgir gânglios pelo pescoço, febre e cansaço.

Não há exame particular para diagnóstico das aftas, e a identificação é possível através do exame clínico.

Em certos casos, a biópsia da lesão é necessária, quando há suspeitas de doenças.

Aftas pequenas, no geral, não exigem tratamento e somem em até 2 semanas, mesmo que apresentem incômodo constante em áreas da boca afetadas.

Se há dor excessiva ou dificuldade em deglutir, há tratamentos sintomáticos, como medicamento anti-inflamatório e analgésico, bochecho, e aplicação de pomada com analgésico.

Em situações graves, pode ser preciso usar anti-inflamatórios sistêmicos ou medicamento para redução da acidez estomacal.

Na recuperação é preciso estar atento às medidas práticas para auxiliar o processo.

Como evitar alimentos ácidos ou condimentados que irritam, e escovação dos dentes de forma suave.

Mais uma dica é quebrar pedaços pequenos de gelo e esperar dissolver pela boca, aliviando a irritação.

A recomendação é orientação do médico se as aftas nos lábios são grandes, com crises de aftas de forma frequente, quando há dificuldade em deglutir alimentos ou líquidos, se há dor que não é aliviada com analgésicos simples, quando a duração das lesões ultrapassar 3 semanas, e ao surgimento das lesões pelos lábios.

ATUALIZADO: 24.04.18

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: