Queda de Cabelo: 17 Principais Causas e Tratamentos

Tudo Sobre Queda de Cabelo: Principais Causas e Tratamentos

Queda de Cabelo

MOTIVOS DA QUEDA DE CABELO

Vamos Falar sobre calvice, vamos tirar algumas de suas duvidas sobre o assunto.

Longo, curto, saltitante e elegante – para a maioria das mulheres, o cabelo é muito mais do que um feixe de fibras.

É uma expressão de estilo e personalidade. Cabelo e auto-imagem estão intimamente ligados.

Quando temos um “dia de cabelo ruim” pode fazer uma mulher se sentir mal, a perda de cabelo pode ser uma visão angustiante para enfrentar todas as manhãs no espelho.

(VÍDEO) Cabelos Cacheados – Tudo sobre Cuidados e tratamentos

(VÍDEO) 4 Dicas Caseira Ajudam Cabelo Crescer Mais Rápido‎

(VÍDEO) Queda de Cabelo Causas, Dicas e Remédios Caseiros

(VÍDEO) Acabe com a Queda de Cabelo Ligada ao Estresse

>> Seu Cabelo Como se Tivesse Saído do Cabeleireiro

>> Mulheres são alvos.

Quarenta por cento das pessoas que sofrem de perda de cabelo temporária ou a longo prazo são mulheres. Algumas têm a quedo em todo o cabelo, enquanto outras vêem a parte central gradualmenteir se deteriorando.

Outras, ainda, desenvolvem a calvície distinta na coroa da cabeça.

 

>> O Couro Cabeludo.

O couro cabeludo médio tem 100.000 fios. Cada folículo produz um único fio de cabelo que cresce a um ritmo de um centímetro por mês. Depois de crescer por dois a seis anos, o cabelo descansa um pouco antes de cair.

É logo substituído por um novo cabelo, e o ciclo começa novamente. Em qualquer momento, 85% de cabelo é crescente, sendo o restante em repouso.

A maioria das pessoas derramam cerca de 50-100 fios por dia. Você normalmente vai encontrar alguns em sua escova de cabelo ou em suas roupas. Perda de cabelo anormal pode acontecer de várias maneiras.

Você pode observar aglomerados caindo quando você usa shampoo. Ou seu cabelo pode cair lentamente ao longo do tempo. Se você estiver preocupado com mudanças em seu cabelo, verifique com seu médico.

A perda de cabelo em mulheres pode ser desencadeada por cerca de 30 diferentes condições médicas, bem como vários fatores de estilo de vida. Às vezes, nenhuma causa específica pode ser encontrada.

Como ponto de partida, os especialistas recomendam o teste de perda de cabelo para problemas de tireóide e desequilíbrios hormonais. Em muitos casos, o cabelo vai crescer de volta, uma vez que a causa é tratada.

A escala Savin é uma medida comum que varia de densidade do cabelo normal uma coroa careca (muito raro). A calvície, afeta cerca de 30 milhões de mulheres brasileiras.

Os peritos pensam que a genética e o envelhecimento desempenham um papel na alopecia androgênica, juntamente com as mudanças hormonais da menopausa. Os cabelos podem tornar-se finos, com a maior perda ao longo do centro do couro cabeludo.

A calvície é muito rara em mulheres.

 

>> Tireoide

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta na parte da frente do pescoço. Ela produz hormônios que regulam muitos processos em todo o corpo.

Se a glândula produz hormônio tireoidiano muito ou pouco, o ciclo de crescimento do cabelo pode vacilar. Mas a perda de cabelo raramente é o único sinal de um problema de tireoide.

Outros sintomas incluem ganho ou perda de peso, sensibilidade ao frio ou calor, e alterações no ritmo cardíaco.

>> Síndrome do ovário

Mulheres com síndrome do ovário policístico (SOP) tem um desequilíbrio hormonal crônico. O corpo faz níveis mais elevados de andrógenos do que o esperado.

Isso muitas vezes faz com que o cabelo extra nasça no rosto e no corpo, enquanto no couro cabeludo cresce mais fino. SOP também pode levar a problemas de ovulação, acne e ganho de peso. Mas às vezes a queda de cabelo é o único sinal óbvio.

 

>> Alopecia areata

Alopecia areata faz o cabelo a cair em manchas surpreendentes. O culpado é o próprio sistema imunológico do organismo, que ataca erroneamente os folículos capilares saudáveis. Na maioria dos casos, o dano não é permanente.

As correções ausentes geralmente voltam a crescer em seis meses a um ano. Em casos raros, as pessoas podem perder todo o cabelo em seu couro cabeludo e do corpo.

 

>> Micose

Quando a micose afeta o couro cabeludo, o fungo provoca um padrão distinto de perda de cabelo – coceira, manchas e careca redondas. Áreas calvas podem aparecer escamosas e vermelhas.

Micose do couro cabeludo é tratada com antifúngicos. O fungo é facilmente transmitido pelo contato direto, para que os membros da família devem ser verificados dos sintomas também.

 

>> Gravidez

Algumas mulheres podem notar o seu cabelo mais completo durante a gravidez. Isso é graças a altos níveis de hormônios que mantêm descansando os cabelos e eles não caem como fariam normalmente.

Mas isso não dura para sempre. Após o parto, os níveis hormonais voltam ao normal, os fios caem rapidamente. Isto pode significar uma quantidade surpreendente de perda de cabelo ao mesmo tempo. Pode levar até dois anos para o cabelo voltar ao normal.

 

>> Pílulas anticoncepcionais

Um efeito colateral pouco conhecido de pílulas anticoncepcionais é o potencial de perda de cabelo. Os hormônios que inibem a ovulação podem causar queda de cabelo em algumas mulheres, especialmente aquelas com história familiar de perda de cabelo.

Às vezes, a perda de cabelo começa quando você para de tomar a pílula. Outras drogas associadas à perda de cabelo incluem diluidores do sangue e medicamentos para o tratamento da pressão arterial elevada, doenças cardíacas, artrite e depressão.

 

>> Grandes dietas

Você pode perder mais do que o peso com uma dieta radical. As pessoas podem notar a perda de cabelo 3-6 meses depois de perder mais de 15 quilos, mas o cabelo deve voltar a crescer por conta própria com uma dieta saudável.

 

>> Tranças e rabos de cavalo

Não é mito: trancinhas ou rabos de cavalo apertados podem irritar o couro cabeludo e causar a queda. O mesmo é verdade para quem usa rolos apertados. Deixe seu cabelo solto, e ele deve voltar a crescer normalmente.

Esteja ciente de que o uso a longo prazo destes penteados pode causar cicatrizes do couro cabeludo e perda de cabelo permanente.

 

>> Tratamentos de câncer

A perda de cabelo é um efeito colateral infame de dois tratamentos de câncer: quimioterapia e radioterapia. Em sua busca para matar células cancerosas, os dois tratamentos podem prejudicar os folículos pilosos, provocando a perda de cabelo dramática.

Mas o dano é quase sempre de curta duração. Uma vez que o tratamento é concluído, o cabelo geralmente volta a crescer.

Esse foi vários exemplos do porque o seu cabelo esta caindo, existem vários outros motivos, mas se notar algo diferente, consulte um médico.

10 Alimentos para Queda de Cabelo

 

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

[anelmagnetico]

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *