Novo Cardápio para Baixar Colesterol e Triglicérides

Tudo Sobre Novo Cardápio para Baixar Colesterol e Triglicérides

Cardápio para Baixar Colesterol e Triglicérides

Truques para Baixar o Colesterol

O colesterol é essencial na produção hormonal, mas, em excesso, se transforma um perigo à saúde. Certamente você já deve ter sido alertado sobre os perigos de não controlar as taxas de colesterol, esse, muitas vezes, incompreendido.

Os cardiologistas, explicam que, quando os níveis estão acima do indicado, as frações da gordura ficam mais disponíveis na corrente sanguínea.

Entre estas frações, encontra-se o LDL, considerado como colesterol ruim. Ele se deposita na parede interna das artérias causando o acúmulo de gorduras, levando ao entupimento das veias.

O aumento do colesterol pode ser gerado por duas razões: fatores genéticos ou hábitos alimentares errados. E cerca de 70% do colesterol produzido vem do fígado.

Os 2 casos podem ser revertidos com mudanças no menu diário. Cardiologistas explicam que, quando as calorias da dieta são ultrapassadas, o organismo armazena para usar em um período de falta. Esse armazenamento é feito em forma de colesterol.

Novo Cardápio para Baixar Colesterol e Triglicérides

>> Recomendamos Para Você:

(VÍDEO) Nova Dieta de Emergência Cardápio Completo

> Troque as versões integrais pelas desnatadas

Essa recomendação está relacionada aos alimentos de origem animal, por terem uma grande quantidade de gordura saturada.
Queijos amarelos, leite integral, carnes gordas e pele de aves como frango, estão na lista dos campeões neste tipo de gordura.

A melhor opção para regular os níveis da gordura é substituir os queijos amarelos pelos brancos, o leite e seus derivados pelas versões desnatadas, e as carnes gordas pelas magras. Hoje em dia, nos mercados já encontramos iogurtes com 0% de gordura.

O que isso tem a ver com as taxas de colesterol? Alguns alimentos estão relacionados com o aumento das taxas de colesterol ruim, o LDL.

E assim como a gordura saturada, o colesterol acaba estando presente nos alimentos de origem animal. Além dos alimentos falados acima, é importante privar o consumo de manteiga, gema de ovo e banha de porco.

Até mesmo as preparações que contenham tais ingredientes, como bolos e tortas.

 

> Moderação nas carnes

Cuidado ao comer carne vermelha elas são os que apresentam uma quantidade maior de colesterol, principalmente cortes que tenham mais gordura. Mas isso não quer dizer que você em que retirar a carne vermelha de suas refeições.

Você pode continua comendo carne vermelha cerca de três vezes na semana, desde que controle a ingestão de outros alimentos com fonte de colesterol.

Carnes vermelhas oferecerem maior taxa de colesterol. E de acordo com alguns nutricionistas, as carnes brancas e magras também possuem colesterol por isso, devem ser dosadas. Alimentos que contêm colesterol devem se consumidos com menos frequência. O consumo total da gordura deve ser menor que 300 mg em um dia.

Retirar a gordura visível das carnes do prato ajuda a reduzir na quantidade de colesterol. Um filé grelhado de 100 mg com gordura contêm 144 mg de colesterol.

E sem essa gordura a quantidade cai para 102 mg, no caso de carnes brancas como o frango, retire a pele, pois é nela que se concentra a gordura.

(VÍDEO) Dieta da Água para Emagrecer Perca 4kg em 1 Semana

> Coma menos biscoitos recheados

Fique de olho não só nas bolachas doces, mas em todos os produtos que levam gordura trans em sua composição. Muitas indústrias alimentícias utilizam gordura hidrogenada na preparação de seus produtos.

A gordura hidrogenada, por sua vez, apresenta gordura trans. Cuidado pois ela influencia no aumento das taxas de LDL.

Verifique a porcentagem de valor diário (%VD) no rótulo dos alimentos na hora das compras. Valores de %VD acima de 20 são considerados altos. Escolha aqueles que apresentarem números menores de gorduras saturadas, trans e colesterol.

 

> Lance mão dos óleos vegetais

Para reduzir os níveis de colesterol, ao invés de restringir o consumo dos vilões, você pode recorrer à ajuda de óleo de canola e o azeite de oliva, eles são alguns exemplos de alimentos bons que você deve incluir na dieta.

As gorduras monoinsaturadas presentes nos dois tipos de óleos vegetais ajudam a diminuir as taxas de LDL, colesterol maléfico.

Já os óleos como o de soja, girassol e milho, aumentam os níveis de HDL,por serem ricos em gorduras poli-insaturadas. Temos que ficar de ficar de olho na quantidade de gorduras saturadas e trans, preferir alimentos com maior quantidade de gorduras mono e poli-insaturadas.

Peixes são uma opção de alimento rico nas gorduras que somam pontos positivos na luta contra as taxas de colesterol.

 

> Retire frituras do seu cardápio

Os alimentos fritos não influenciam diretamente no aumento de colesterol, a não ser que tenham sido produzidos com gordura de origem animal, como banha de porco.

Porém, quando superaquecidos, os óleos sofrem mudanças nas estruturas das moléculas. Assim, o efeito que eles possuem de aumentar o HDL fica neutralizado.

Mesmo quando preparadas em óleos vegetais, as frituras não são aconselháveis para quem quer controlar os níveis de colesterol sanguíneo.

 

> Pratique exercícios físicos

Os exercícios ajudam na luta contra o colesterol elevado. Ao suar a camisa, você gasta as reservas energéticas, isso faz com que diminua as taxas de gordura corporal e, consequentemente, na baixe o colesterol na corrente sanguínea.

>> SUGESTÃO DE CARDÁPIO 1200 CALORIAS:

 

1° DIA

 

Café da Manhã:

½ mamão papaia com 1 colher (sopa) de aveia em flocos + 1 colher (sopa) rasa de linhaça dourada triturada

1 iogurte desnatado

 

Lanche da Manhã:

2 castanhas do Brasil

1 goiaba

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de salada de alface, cenoura ralada e pepino

1 xícara (chá) de brócolis no vapor

2 colheres (sopa) de arroz integral

1 concha pequena de feijão

1 filé de frango grelhado com curry

 

Lanche da Tarde:

½ xícara (chá) de salada de frutas

 

Jantar:

1 prato (sobremesa) de salada (rúcula, agrião, broto de feijão, cenoura ralada, tomate cereja)

2 colheres (sopa) de arroz integral com brócolis

1 sardinha pequena grelhada

 

Ceia:

1 xícara de chá de erva-doce

1 fatia de queijo branco light

 

2° DIA

 

Café da Manhã:

1 copo (200ml) de leite de soja sem açúcar batido com 1 banana e 1 colher (sopa) de linhaça dourada triturada

1 fatia de pão integral light

1 fatia média de queijo branco

 

Lanche da Manhã:

1 xícara (chá) de blueberry (mirtilo)

1 barrinha de cereal

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de salada de alface, cenoura ralada e pepino

2 colheres (sopa) de arroz integral

2 colheres (sopa) de lentilha

1 omelete de 2 ovos temperados com ervas finas ou orégano e cebolinha

 

Lanche da Tarde:

3 amêndoas

 

Jantar:

2 colheres (servir) de couve-flor e brócolis cozidos no vapor

1 batata assada média com ervas e 1 colher (sopa) de azeite + ½ lata de atum light

 

Ceia:

1 maçã assada com canela

 

3° DIA

 

Café da Manhã:

1 ovo cozido

1 xícara (chá) de salada de frutas com ½ iogurte desnatado, 1 colher (sopa) de quinoa em flocos e 1 colher (sopa) de linhaça dourada triturada

 

Lanche da Manhã:

10 uvas

4 avelãs

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de salada de couve crua (corte-a bem fininha) com tomate cereja e shoyo

2 colheres de sopa de arroz integral

1 colher (servir) de espinafre refogado

1 filé de peixe ensopado

 

Lanche da Tarde:

1 iogurte light

 

Jantar:

1 prato fundo (sopa) de grão-de-bico

 

Ceia:

2 damascos secos

4° DIA

 

Café da Manhã:

1 suco (100ml) de uva integral diluído em água com 1 folha de couve

2 fatias de pão integral light

2 colheres (sopa) queijo cottage

 

Lanche da Manhã:

3 colheres (sopa) de abacate com limão

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de mix de folhas (dê preferencia às escuras como rúcula, agrião, couve ou escarola)

1 colher (servir) de vagem refogada

2 colheres (sopa) de purê de batata

1 filé de salmão assado ou grelhado

 

Lanche da Tarde:

2 kiwis

 

Jantar:

Beirute: 1 pão sírio integral pequeno + 3 folhas de alface temperadas com azeite e sal + 3 rodelas de tomate + 2 fatias de mussarela light + ½ lata de atum light

 

Ceia:

1 copo (200ml) de leite de soja sem açúcar batido com ½ maçã

 

5° DIA

 

Café da Manhã:

2 torradas integrais com 2 fatias finas de queijo minas

1 xicara (chá) de frutas vermelhas (morango, amora, framboesa, mirtilo)

 

Lanche da Manhã:

2 nozes

2 damascos secos

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de folhas variadas

1 xícara (chá) de sopa de macarrão integral no azeite com brócolis

1 sobrecoxa pequena de frango sem pele

 

Lanche da Tarde:

1 pêssego

1 nectarina

 

Jantar:

1 prato (sobremesa) de salada de folhas, tomate e palmito

Omelete de 1 ovo com cogumelo shiitake e 5 rodelas de batata e cebolinha

 

Ceia:

1 copo de água de coco

 

6° DIA

 

Café da Manhã:

1 suco (100ml) de uva integral diluído em água com 1 folha de couve

1 iogurte light com 1 colher (sopa) de aveia em flocos e 1 colher (sopa) de linhaça dourada triturada

 

Lanche da Manhã:

3 amêndoas

1 maçã

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de salada de agrião com beterraba e cenoura raladas e tomate

½ xicara (chá) de aspargos cozidos no vapor

2 colheres (sopa) de arroz

1 colher (servir) de grão-de-bico

1 filé de carne magra grelhada pequena

 

Lanche da Tarde:

2 ameixas

 

Jantar:

1 prato de salada completa: folhas verdes + 1 mussarela de búfala + 1 ovo cozido + tomate cereja + cenouras baby + broto de feijão + 2 torradas integrais

 

Ceia:

1 suco (100ml) de maracujá sem açúcar

 

7° DIA

 

Café da Manhã:

1 copo de leite de soja sem açúcar com 6 morangos ou polpa de frutas vermelhas (amora, framboesa)

2 torradas integrais com azeite

 

Lanche da Manhã:

1 suco (100ml) de abacaxi com hortelã

 

Almoço:

1 prato (sobremesa) de salda de alface roxa e rúcula

1 colher (servir) de purê de mandioquinha

1 colher (sopa) de escarola refogada

1 filé de pescada grelhado

 

Lanche da Tarde:

1 maçã assada com canela

 

Jantar:

Sanduíche: 2 fatias de pão integral + 2 fatias finas de salmão defumado + 1 colher (sobremesa) de cream cheese light + 5 folhas de rúcula + 2 folhas de alface + 3 fatias de tomate

 

Ceia:

1 xícara de chá de camomila

ATUALIZADO: 05/10/2016 (INFOGRÁFICO)

medico emagecer mulher

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ola boa tarde ao analisar minuciosamente a dieta deste site, constatei que tem muitos alimentos que pessoas que tem triglicérides e colesterol acima do permitido não pode comer.

  • Tenho muita ansiedade e como muito quero emagrecer tour com colesterol 233e triguiceride 313preciso emagrecer performance 7Milos mas quero perder mas

  • Só para constar, como pode “Um filé grelhado de 100 mg com gordura contêm 144 mg de colesterol”??????

  • Gostei das inrtuções recomendações, seria possivel me enviar esse cardápio acima e outros caso tenham direto para meu email?. Grato.

  • Bom dia. Fiz exames e foi constatado que tenho 80% de entupimento em duas veias do coraçao. Estive procurando alguns sites sobre dietas ,mas não consegui acessar um para o meu caso. O medico disse tudo o que não posso comer. Mas esqueci de perguntar o que eu posso comer. Então vi o site de vcs e achei bem interessante.Por isso gostaria de sua ajuda se possivel. Uma dica ,eu não como frango de jeito nenhum. E não posso comer grãos devido ao acido urico estar um pouco elevado. Eu não sei bem o que comer. Estou restrito a certos alimentos gordurosos e tambem a frutas acidas. Meu caso ta bem complicado não é. Vcs poderiam me ajudar. Corro risco serio de ter um infarte. Mas o medico disse que ainda não vai ser preciso fazer cirurgia. Como STENT ou Angeoplastia. Obrigado por enquanto.

    • Bom dia Claudimir. Meu triglicérides está em 170, não é nada grave, mas estou me cuidando com os alimentos abaixo. Você pode comer tudo que for integral (pães, bolachas, torradas e até pizza) desde que não tenha farinhas de branca(trigo, maizena ). Queijo branco light, queijo cotage, ricota light e leite desnatado. Frutas de maneira geral. Tapioca das mais variadas formas (desde que não tenha recheios proibidos, claro). Pode fazer omelete com tapioca (dois ovos batidos, tres colheres de tapioca, tempere a gosto, um tantinho de ázeite para fritar e pronto). Quinoa é cara mas sacia bastante, você pode comer como salada ou quentinha como arroz. Todos os legumes são saudáveis, de preferência crus, mas se for para cozinhar faça isso no vapor, fica mais saudável. Basicamente é evitar farinhas brancas, açúcar de cana, cigarros e sedentarismo. Quando dá aquela fome louca beba água, coma uma banana ou um iogurte ou uma tapioca e vai se adaptando. Mas sair da dieta uma vez por mês, não mata ninguém. Espero ter lhe ajudado.