Nova Dieta para Refluxo Gástrico: Cardápio Nutricionista

Tudo Sobre Dieta para Refluxo Gástrico

Dieta para Refluxo Gástrico

Dicas Alimentares para Portadores de Refluxo Gástrico

O Refluxo gastroesofágico ou esofagite é causado pela hérnia hiatal. Em normais condições, o hiato é uma abertura pequena no diafragma, no encontro entre esôfago e estomago.

Na situação de refluxo gástrico sintomas a hérnia de hiato cresce e a abertura aumenta permitindo que a parte superior do estômago se projete para cima.

Algumas hérnias de hiato estão presentes desde o nascimento.

Grande parte se desenvolve ao longo dos anos, devido abertura do hiato, na qual se alarga, em situações que o estomago sofre pressões geradas pelo diafragma, como: gravidez e ganho excessivo de peso, forçando o conteúdo gástrico para cima, na direção do esôfago.

Além do excesso de tosse, vômitos e esforços físicos, há possibilidade do alargamento do hiato e a hérnia de hiato.

Quais são os sintomas do refluxo gástrico: pessoas que possuem a hérnia passam a sentir mal estar logo após refeições pesadas ou quando se deitam ou se curvam. Soluços e indisposição alimentar.

beleza.blog.br-nova-dieta-para-refluxo-gastrico-cardapio-nutricionista

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Dieta para Refluxo Gastroesofágico Cardápio

 

(VÍDEO) Remédios Caseiros para o Refluxo Gástrico

 

(VÍDEO) Especialista tira dúvidas sobre Refluxo Gástrico

 

>> Incidência

50% de pessoas com mais 50 anos possuem hérnia de hiato, mas a maioria não tem conhecimento sobre tal problema, por não apresentar sintomas.

A hérnia de hiato é diagnosticada normalmente após várias crises de azia e má digestão, consequências do refluxo de ácido do estomago para o esôfago e garganta.

Não é considerado um problema grave mesmo quando há sintomas, porém existem exceções em que os ácidos do estomago causa danos graves no esôfago devido à frequência de crises, ulcera, sangramento e ruptura ou obstrução.

Em casos como esses se faz necessário uma cirurgia.

No entanto, o paciente pode buscar o alívio dos sintomas como: perder peso que alivia a pressão sobre o estomago, não utilizar cintos, cintas ou roupas que possam apertar a região do estomago e cuidar da alimentação.

 

>> Dieta

A dieta perder peso saudavel é essencial no tratamento da hérnia de hiato. Uma mudança na forma de se alimentar é importante para melhorar os sintomas.

Já é do conhecimento geral que o alto ganho de peso, a alimentação de comidas gordurosas, o consumo de alimentos ácidos que possam irritar a mucosa do estomago como o picles, suco de tomate e frutas cítricas e também alimentos ricos em cafeína, no caso de chocolate, café e outros podem aumentar o problema.

A obesidade aumenta a pressão intra-abdominal fazendo piorar o refluxo. A redução de gorduras e calorias amenizam os sintomas é preciso perder 0,5 kg por semana ou de 1 kg por mês para bons resultados também a pratica de exercícios em busca ao peso ideal e consequentemente mais saúde.

O refluxo piora com o consumo de alimentos ricos em gorduras, e apresentam um problema particular quando ingeridos rapidamente junto a bebidas carbonatadas de cola, café ou álcool.

Ao ser consumidas as comidas gordurosas ficam por mais tempo no estomago do que outros alimentos e também pode causar a indigestão. São recomendadas para a ingestão diária de gorduras: 30 g para mulheres e de 45 para homens.

Então controle a gordura. Só para você ter uma ideia: um hambúrguer normal e uma porção grande de batatas fritas fornecem 60g de gordura.

Pessoas com hérnia de hiato precisam evitar beber líquidos com gás, pois essas bebidas aumentam o desconforto, depois de se alimentar, é recomendado que não se deite nem se abaixe pelo menos uma hora, pois poderá causar refluxo, bebidas alcoólicas relaxam o diafragma e também não é recomendado.

Devem ser eliminados alimentos que acarretam indigestão ou agridem o estomago, entre eles os que mais fazem mal são:

  • As especiarias
  • As frutas cítricas
  • Os picles
  • Vinagre
  • Suco de tomate
  • O consumo de café e o cigarro aumentam a acidez no estomago é também causam desconforto.
  • O chocolate e a hortelã levam a tendência de relaxar o esfíncter do hiato e também agravam o problema.
  • Frituras
  • Alimentos condimentados e industrializados

 

>> Aliados

Portadores de hérnia hiatal podem ter grandes aliados, como os alimentos ricos em fibras, com os cereais e pães integrais, frutas frescas e vegetais.

Esses alimentos favorece o funcionamento do intestino e alivia a prisão de ventre comum nesses casos.

Exercícios físicos diariamente e uma ingestão adequada de líquidos “água” também são primordiais no combate da doença.

E preciso evitar grandes refeições que provocam grandes dilatações do estomago. Ao contrario, é sugerido 5 ou 6 pequenas refeições no período do dia, sem a ingestão de líquidos durante as refeições.

A pessoa não deve beber ou comer nada pelo menos duas horas antes de ir para cama, já que é comum ter crises durante a noite.

 

(VÍDEO) Médico esclarece causa, sintomas e tratamento adequado para refluxo

 

>> Dicas para portadores de refluxo para quem precisa perder peso

Anotar e fazer um registro diário de quais alimentos e bebidas que você consome para poder identificar com mais eficiência os alimentos que agravam os sintomas;

Identificar e mudar maus comportamentos alimentares: como comer rápido, grandes porções de refeições, álcool e cafeína em excesso.

Manter um equilíbrio de 05 a 06 refeições por dia sendo as três refeições principais: café da manha, almoço e jantar e no mínimo dois lanches nos intervalos.

Consumir alimentos pobres em gordura, açúcar e farinha branca como cereais, pão, massas ou arroz.

Não repetir a janta e evitar comer próximo a hora de dormir pelo menos respeite o tempo de 2 horas.

Escolher bem o que comer fora de casa – diminuir gorduras e optar por pouca quantidade (um de salada e um prato principal)

Não vá com muita fome, nem sede, nem vontade comer guloseimas para os alimentos que você deve evitar, como primeiro os que estão liberados, espere ficar saciada(o) e depois coma os demais com intuito de saborear.

Segue sugestão de cardápio para você se livrar do desconforte e ainda emagrecer. O cardápio abaixo possui 35g-40g de gordura e 30g de fibras

Café da manhã- mingau com frutas frescas, leite desnatado, torrada integral (pouca margarina e mel) e uma tigela de cereais que contem muitas fibras.

Almoço – Frango e verduras com pouco óleo, arroz no vapor, água gelada ou suco de limão.

Lanches – Iorgute light, frutas frescas, aveia, polvilho. Água, chá ou suco diluído. Não comer lanches muito gordurosos, evitar salgadinhos, batatas fritas e biscoitos doces.

Jantar – Lanches com pão integral, queijos com pouca gordura, carnes magras, salada e peixe. Evitar margarina ou maionese. Frutas frescas com iogurte light. Água, chá e suco diluído.

Concluímos que substituindo maus hábitos por hábitos alimentares saudáveis e naturais, controlando e fazendo todas as refeições e escolhendo os alimentos nutritivos, passaremos a ter melhor qualidade de vida, com mais energia, animo para estudar, trabalhar, praticar atividades físicas, enfim, poder viver a vida com saúde e energia. Abaixo você encontra o cardápio dieta do refluxo gástrico.

 

>>> Dieta Refluxo Gastroesofágico Tratamento

Café da Manhã

Opção 1: 02 fatias de pão integral, 01 col sobremesa de margarina,1/2 unid de mamão papaia, 01 col sopa de farinha de linhaça
Opção 2: 01 copo de vitamina de pêra, 01 col sobremesa de gérmen de trigo, 02 fatias de pão integral,01 col sobremesa de geléia diet
Opção 3: 01 copo de suco de pêssego,01 fatia de pão integral,01 col sopa de pasta de queijo de soja
Opção 4: 01 xícara de chá de camomila,02 fatias de pão integral, 01 col sopa de queijo cottage

 

Lanche da Manhã

Opção 1: 03 damascos secos
Opção 2: 01 unid de iogurte natural, 01 col sopa de granola
Opção 3: 01 copo de suco de mamão
Opção 4: 02 ameixas secas

 

Almoço

Opção 1: 01 pires de salada de alface, acelga e cenoura, 02 col macarrão picado, 01 lata de atum em água,02 col sopa de brócolis refogado
Opção 2: 01 pires de salada de milho, tomate e cenoura, 02 col sopa purê de mandioquinha salsa , 01 fatia de carne bovina assada
Opção 3: 01 pires de salada de acelga e tomate, 02 col sopa arroz integral,01 filé bovino grelhado
Opção 4: 01 pires de salada de almeirão e beterraba, 01 fatia de torta de legumes,02 col sopa de espinafre cozido,01 fatia de lombo assado

 

Café da Tarde

Opção 1: 01 taça de gelatina
Opção 2: 01 xícara de chá de camomila,01 fatia de bolo integral
Opção 3: 01 banana
Opção 4: 01 fatia de melancia

 

Jantar

Opção 1: 01 pires de salada de lentilha,02 col sopa de espinafre refogado,01 filé de peixe assado
Opção 2: 01 filé de frango grelhado, 01 prato de sopa de legumes, 01 concha pequena de macarrão picado cozido
Opção 3: 01 pires de salada de alface, tomate, cenoura e milho verde, 02 col sopa de abóbora cozida, 01 fatia de peito de peru
Opção 4: 01 pires de salada de escarola com tomate, 02 fatias de pão de forma integral, 01 col sopa de peito de frango desfiado,01 col sopa de maionese light

 

Ceia

Opção 1: 01unid pêssego
Opção 2: 01unid maçã
Opção 3: 01unid banana
Opção 4: 01 fatia de mamão

 

(VÍDEO) O que é Refluxo Gastroesofágico?

 

Como Acabar com o Refluxo Gástrico

O refluxo gástrico é uma doença que pode causar sérias complicações se for negligenciada.

As causas desta doença são diversas: pressão insuficiente no esôfago, deficiência de esfíncter esofágico inferior (válvula muscular que liga o esôfago ao estômago), produção excessiva de sucos digestivos ou anomalias fisiológicas do esôfago.

Dieta desequilibrada, estresse e estilo de vida inadequado também são possíveis causas de refluxo gástrico.

Controlar sua dieta é a melhor maneira de tratar esta doença. Na verdade, uma dieta equilibrada contribui significativamente para a prevenção e controle de refluxo gastroesofágico em bebês.

Uma vez que uma produção excessiva de fluidos digestivos agrava este mau, sua dieta deve consistir apenas de alimentos que podem aumentar o teor de ácido no estômago.

Se você sofre de refluxo ácido, proíbem alimentos cítricos, gordurosos, frituras, produtos de tomate, a cafeína, o leite, hortelã, álcool e cigarros.

Da mesma forma, alimentos contendo especiarias como pimenta em pó, alho, cebola, vermelha e pimenta preta pode piorar a doença.

Além disso, alguns produtos hortícolas, incluindo couve-flor, couve de bruxelas, repolho e brócolis causam o chamado refluxo ácido. No entanto, o gengibre é um tratamento natural contra o refluxo ácido e azia.

Em primeiro lugar, não opte por refeições pesadas contendo alimentos gordurosos. Reduzindo a gordura de sua alimentação, você regula o funcionamento do estômago.

Ao ingerir certa quantidade de gordura, o estômago é incapaz de digerir e tenta conseguir através da secreção de mais sucos gástricos. Remova de sua dieta também algumas especiarias, tais como conservantes e corantes.

Embora algumas pessoas comentam que os produtos lácteos têm um efeito calmante sobre o estômago, ficou provado que o leite aumenta a produção de ácido do estômago.

O leite funciona como um bumerangue sobre o estômago. De fato, num primeiro momento, controla o nível de ácido digestivo, em seguida, aumenta.

É crucial evitar álcool e cigarro. Eles aumentam a produção de ácidos no estômago e podem agravar a doença.

Além disso, proibir a cafeína (café, coca-cola, chá preto, cacau, chocolate).

Embora o mecanismo pelo qual a cafeína afeta o funcionamento do estômago não seja conhecido com precisão, ainda é preferível excluí-la da sua dieta.

 

Adicione carne branca em sua dieta

Frango, peixe e outras carnes magras são recomendados.

Os alimentos recomendados para pacientes com refluxo gastroesofágico infantil  incluem maçãs, bananas, cenouras, feijão, ervilhas, batatas, arroz, carnes magras, pão, massas e cereais.

Aumente a ingestão de alimentos ricos em carboidratos (arroz, massas, pão, cereais, batatas) e reduza alimentos ricos em proteínas. Você pode comer carnes magras, como frango ou peixe.

No entanto, a carne deve ser de importância secundária em sua dieta.

Coloque em prática esta dieta e sua saúde vai melhorar rapidamente. Em muitos casos, uma dieta equilibrada é uma opção melhor do que os remédios.

 

(VÍDEO) Refluxo sintomas e tratamento

 

5 Dicas Contra o Refluxo Gástrico

A barreira anti-refluxo, consiste essencialmente em uma porção de diafragma e um esfíncter, que pode tornar-se deficiente.

O refluxo naturalmente indica alimentos que monitoram ou favorecem os hábitos de abolir ou adotar métodos para fortalecê-la.

Existem diferentes estratégias nutricionais contra um refluxo gastroesofágico.

Na qual, pode agir sobre a barreira anti-refluxo, incluindo o esfíncter.

Ao provocar a liberação de esfíncter esofágico após uma refeição, deve ser analisado nos hábitos alimentares: alimentos ingeridos e maneiras de comer.

Siga estas dicas que irão alterar esses hábitos nocivos à barreira anti-refluxo.

 

Dica 1: Cuidado com leite e produtos lácteos

O problema pode ser a lactose, mas também o fato de que, muitas vezes, esses produtos são consumidos em detrimento de outros alimentos, incluindo frutas e legumes.

Eliminar o leite da dieta é particularmente benéfico para muitas pessoas com refluxo.

É simples saber se você tem intolerância a lactose: basta excluir da dieta e observar o resultado. Se você tem inchaço, diarreia, dor de estômago que você não sabe a origem, todos esses sintomas desaparecem dentro de alguns dias.
Lactose é encontrada em produtos lácteos: leite, creme, sorvete, iogurte e em algumas quantidades muito pequena no queijo.

Mas cuidado, a lactose pode estar presente em produtos industriais: pão, bolos, doces, batatas fritas, batatas fritas, carnes, refrigerantes, cerveja, substitutos de refeição. E em certos medicamentos.

 

Dica 2: Se alimente mais de fibras

Para evitar a constipação e reduzir o gás no cólon, as fibras liberam remotamente o esfíncter esofágico.

Os componentes de alimentos que não foram digeridos nem absorvidos no intestino delgado.

Chegam ao intestino grosso (cólon), onde irá ser degradado por bactérias que se alimentam dos produtos nas células do intestino e que protegem o cancro.

 

Alimentos Ricos em Fibras

As leguminosas: lentilhas, grão de bico, feijão, ervilhas, feijões…

As frutas e verduras: o ideal é comer 5-12 porções de frutas, verduras e legumes. Comer a pele da fruta orgânica, rica em fibras e antioxidantes.

Os pães e cereais integrais contêm 75% de vitaminas e minerais extras em comparação com grãos refinados. Sendo orgânicos.

As sementes oleaginosas não são esquecidas. Você pode comer um punhado de nozes, avelãs, amêndoas por dia, se escolher sem torrar e sem sal.

Se você não tem o hábito de comer muita fibra, aumente gradualmente a dose destes alimentos, a fim de dar tempo para o seu sistema digestivo se acostumar.

 

Dica 3: Evite comer muito sal

O excesso de sal é bem conhecido, promove a hipertensão e as doenças cardiovasculares.

Além disso, diminui a pressão do esfíncter esofágico e, portanto, aumenta o risco de refluxo.

O sal em necessidades fisiológicas são equivalentes 2 g por dia.

Devemos simplesmente parar de pratos de sal? Este é um bom começo, mas não o suficiente.

Evite também alimentos processados (pães, biscoitos, bolos, refeições prontas, sopas industriais, conservas, carnes, queijo, mostarda, picles, azeitonas, cubos de caldo de carne, biscoitos, cereais de pequeno-almoço). Se reduzir o consumo destes alimentos processados você reduzirá grande parte da ingestão de sal.

Para afastar o sal, prefira o sabor dos pratos com ervas, especiarias, condimentos.

 

Dica 4: Mude sua alimentação

Evite:

Refeições gordurosas;

Refeições muito cheias (se alimente de sopa à noite e consumo água durante as refeições);

Chocolate;

Refrigerantes;

Álcool e, especialmente, vinho branco, cerveja e uísque. Opte por um vinho tinto de qualidade rica em antioxidantes e limite o consumo de bebidas por dia;

 

Dica 5: Alterar alguns hábitos

Não use roupas apertadas, cintas, espartilhos, cintos. Que comprimem o abdômen. Isto reduzirá a pressão sobre o estômago!

Evite certos medicamentos, como anticolinérgicos, nitratos, bloqueadores dos canais de cálcio.

Consulte um médico.

Pare de fumar.

ATUALIZADO: 24.10.16

 

medico emagrecer mulher

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gente tentem o limão sim pesquisem para quem tem refluxo,as vezes é falta de acido no estomago e não muito acido pesquisem na internet com o doutor Lair Ribeiro.E quem tem hernia de hiato também tomar limão em jejum e procurem saber sobre osteopatia visceral.E gente mudem pelo menos na época do tratamento sua alimentação.Fé em Deus.

  • TENHO GASTRITE, REFLUX,ERNE NA GARGANTA IQUAL UMA BOLA, MUITO PIGARRO E GARGANTA ARANHANDO, E MUITA SEDE, QUAL O TRATAMENTO CORRETO. PEÇO QUE RESPONDA URGENTE.GMAIL:

    • Eu também acho essa dieta confusa. Sofro de refluxo gastro-esofagico e alguns alimentos k constam nessa lista não são recomendáveis pra esse problema.