Dieta do Peixe para Emagrecer: Novo Cardápio Emagreça 7kg

Tudo Sobre Dieta do Peixe para Emagrecer

Dieta do Peixe para Emagrecer

TUDO SOBRE PEIXES E MERCÚRIO

Peixe é uma fonte saudável para o coração de proteínas e contém uma série de nutrientes, incluindo omega-3 os ácidos graxos e vitamina B12.

Mas os peixes com a poluição dos nossos oceanos podem estar infectados com mercúrio.

 

> Quais são os Riscos do Mercúrio?

O risco da presença de mercúrio por ingestão de peixe e marisco não é um problema de saúde.

Enquanto não há riscos exatos conhecidos, os consumidores são aconselhados a ter cuidado e consumir moderadamente, e ajustar as preferências para os peixes com os valores mas baixos de mercúrio.

O ideal é ninguém comer mercúrio porque é uma neurotoxina que prejudica o funcionamento e desenvolvimento do cérebro.

A quantidade de qualquer mercúrio pode ter consequências diferentes dependendo do peso.

É por isso que o Ministério da Saúde adverte que mulheres grávidas e crianças a não consumam peixes em muita quantidade.

 

Benefícios do Peixe

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Dieta do Peixe para Emagrecer – Novo Cardápio

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 1)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 2)

> Que tipos de peixes têm quantidades elevadas de mercúrio?

O mercúrio existe em nossas águas e posteriormente, os peixes comem.

A concentração de mercúrio em águas locais varia, portanto, o conteúdo pode estar em qualquer peixe.

 

> O peixe é bom para mim com base em meu peso, então quanto peixe posso comer com segurança?

A quantidade de mercúrio que qualquer pessoa pode consumir com segurança depende do seu peso e se ela esta ou não grávida.

Gotmercury.org tem uma útil calculadora de mercúrio que informa a quantidade de peixe que você pode comer com segurança com base no seu peso.

Tal como acontece com qualquer alimento, é importante moderar o seu consumo.

• Mercúrio – 5 microgramas por cada quilo do seu peso por dia. Assim, uma pessoa de 60 quilos pode ingerir até 300 microgramas por dia.
• Chumbo – 25 microgramas por quilo de peso por dia. Ainda tendo como base os mesmos 60 quilos, são permitidos até 1,5 mil micrograma.
• Arsênio – De 0,1 a 7,20 microgramas por dia por quilo de peso. Faça as contas.

 

Alguns peixes possuem menor risco de contaminação por metais:

1) Optar por peixes de escamas: Vivem em grandes cardumes, em água límpida, na superfície.

 

2) Optar por peixes de água doce pois eles se alimentam preferencialmente de frutos e folhas.

 

3) Escolher peixes de ciclo de vida média curto, pois terão ficamos menos expostos a contaminantes. São eles:

Água salgada: sardinha, salmão selvagem.

Água doce: cará, carpa, corimbatá, dourado, lambari, manjuba, piau, tilápia, tambaqui, traíra, truta.

 

4) Evite peixes de vida médica longa: Tubarão, Peixe espada, Cavala, Filé de atum, Arenque e Cação

 

5) De nada adianta não comer peixe mas consumir vegetais contaminados com mercúrio. Portanto, prefira os orgânicos.

 

> E sobre as conservas de peixe?

A quantidade de mercúrio em peixes não é afetada pela produção de conservas.

Em geral, evite a alta quantidade de sódio ou de conservas de peixe embalado em petróleo.

 

>>> Sugestão de Cardápio rico em peixes e frutos do mar

Café da manhã

  • Opção 1: 1 copo americano de suco de cenoura com beterraba,1 unid de pão francês, 1 col sopa de cream cheese
  • Opção 2: 1 copo de leite de soja, 03 morangos,1 torrada integral
  • Opção 3: 1 copo de suco de mamão com 1 col sobremesa de linhaça, 02 torradas integrais,1 col sopa de queijo cottage
  • Opção 4: 02 fatias de pão integral, 1 col sobremesa de margarina light,1 copo de leite desnatado

Lanche da Manhã

  • Opção 1: 1 iogurte natural
  • Opção 2: 1 fatia de melancia
  • Opção 3: 1 tangerina
  • Opção 4: 1 fatia de melão

 

Almoço

  • Opção 1: 1 prato de salada de rúcula, alface e tomate,1 unid de filé de merluza com batata ao molho, 2 col sopa de arroz, 1 col sopa de grão de bico
  • Opção 2: 1 prato de sobremesa de salada de escarola, 02 col sopa de arroz integral, 1 col sopa de feijão, 02 col sopa chuchu ao molho,1 posta peixe ao leite de coco
  • Opção 3: 1 prato de sobremesa de alface americana, 02 col sopa de arroz branco, 1 concha pequena de estrogonofe de camarão
  • Opção 4: 1 prato de sobremesa de salada de couve, 02 col sopa arroz integral, 01 col sopa feijão,1 filé de salmão ao forno

 

Café da Tarde

  • Opção 1: 1 kiwi
  • Opção 2: 02 cookies integrais
  • Opção 3: 1 pêssego
  • Opção 4: 1 iogurte de frutas

 

Jantar

  • Opção 1: 1 prato de sobremesa de salada de alface, tomate e cenoura ralada, 1 unid de filé de peixe assado,02 col sopa de purê de mandioquinha salsa
  • Opção 2: 01 prato de salada de agrião, 01 col arroz de bacalhau na batata
  • Opção 3: 1 prato de sobremesa de salada de alface e brócolis,1 posta de salmão de forno
  • Opção 4: 1 prato de sobremesa de salada verde,1 porção de camarão frito

 

Ceia

 

(VÍDEO) 40 Dicas de motivação Para Emagrecer (PARTE 3)

 

6 Dicas para Melhorar a sua Digestão

A escolha de alimentos adequados pode certamente ajudar a melhorar a digestão, mas algum de seus hábitos alimentares também poderia ser revisto.

Aqui estão algumas dicas que irão ajudá-lo.

 

1- Preparar e tomar as suas refeições em casa

Preparar refeições deve ser divertido, em vez de uma tarefa. Chamar todos os membros da família e experimentar novas receitas.

Imaginando a refeição para ver e cheirar a comida desencadeia a secreção dos sucos digestivos e enzimas, que prepara o corpo para a digestão.

 

2-Mastigar os alimentos bem

Como a digestão começa na boca, é importante mastigar os alimentos para rasgar em pedaços pequenos e mistura-los com enzimas salivares.

 

3- Comer Pequenas refeições

Comer pequenas refeições frequentes, que o irá impedir de sobrecarregar o sistema digestivo.

Além disso, evitar grandes refeições tarde da noite, deixe seu corpo digerir antes de ir para a cama.

 

4- Fique ciente do que você come

Coma calmamente tomando tempo para apreciar os sabores, texturas e o prazer de comer.

Fique ciente de que você está comendo e os alimentos que você come. Uma vez fiz o exercício de tomar cinco minutos para comer uma uva.

Esta é uma experiência que eu nunca vou esquecer. O alvo era primeiro olhar para as uvas, em seguida, senti-lo.

Em seguida, colocar na boca e mastigar muito, muito devagar, prestando atenção à sua consistência, seu suco e doçura. É um verdadeiro contraste com a maneira que nós normalmente engolirmos os alimentos.

 

5- Sente-se para comer e fazer a refeição uma reunião de família

É importante que você tome o tempo para sentar-se à mesa para levar a empresa em refeições membros de sua família ou amigos.

Acima de tudo, não comer na frente da TV. Certifique-se as conversas são positivas.

 

6- Evite comer em resposta ao estresse ou ansiedade

Crónica o stress, a ansiedade e a depressão pode ter o efeito de diminuir o teor de ácido clorídrico e de secreção de imunoglobulina A (IgA secretora), um anticorpo que desempenha um papel crítico na imunidade do trato gastrintestinal.

A digestão é, assim, impedida, possivelmente dando origem a deficiências nutricionais que aumentam a dificuldade de lidar com o stress; é um círculo vicioso.

Se você está com fome, mas experimentando estresse ou ansiedade, demorar alguns minutos antes de comer para praticar a respiração profunda ou outras técnicas de relaxamento.

Você também pode ouvir música relaxante enquanto você come.

ATUALIZADO: 19.07.16

 

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

 

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *