DIETA ANTI-INFLAMATÓRIA: ALIMENTOS PROIBIDOS E PERMITIDOS

Saiba Quais são os Alimentos Proibidos e Permitidos na Dieta Anti-Inflamatória

DIETA ANTI-INFLAMATÓRIA ALIMENTOS PROIBIDOS E PERMITIDOS

Dieta Anti-Inflamatória – Combater a Inflamação Naturalmente

A inflamação é um processo natural que ajuda o corpo a se curar e defender-se do perigo. Infelizmente, as vezes ela perde o controle e pode se tornar crônica.

Inflamação crônica pode durar um longo período de tempo – semanas, meses ou anos – e pode conduzir a vários problemas de saúde.

Pelo lado positivo, há muitas coisas que você pode fazer para reduzir a inflamação e melhorar sua saúde geral. Este artigo descreve um plano detalhado para uma dieta anti-inflamatória e um belo estilo de vida.

DIETA ANTI-INFLAMATÓRIA ALIMENTOS PROIBIDOS E PERMITIDOS

(VÍDEO) Dieta Anti-inflamatória

 

>> O que é a inflamação?

 

Inflamação é a forma do seu corpo se proteger contra a infecção, doença ou lesão.

Como parte da resposta inflamatória, seu corpo aumenta a produção de glóbulos brancos, células do sistema imunológico e substâncias chamadas citocinas que ajudam a combater as infecções.

Os sinais clássicos da inflamação aguda (curto prazo) incluem vermelhidão, dor, calor e inchaço.

Por outro lado, a crônica (a longo prazo) é frequentemente uma inflamação silenciosa, e ocorre dentro do corpo sem quaisquer sintomas visíveis.

Este tipo de inflamação pode conduzir condições como a diabetes, doença cardíaca, doença hepática gordurosa e câncer.

A inflamação crônica também pode acontecer quando as pessoas são obesas ou sob estresse.

Quando os médicos procuram a inflamação, testam alguns marcadores no sangue, incluindo a proteína C-reactiva (CRP), homocisteína, TNF alfa e IL-6.

Em conclusão: A inflamação é um mecanismo de proteção que permite que seu corpo se defenda contra a infecção, doença ou lesão. Também pode ocorrer numa base crônica, o que pode conduzir a várias doenças.

 

>> Um estilo de vida saudável pode conduzir Inflamação

 

Certos fatores do estilo de vida podem promover a inflamação, especialmente quando elas ocorrem numa base regular.

Consumir grandes quantidades de açúcar e xarope de milho é particularmente ruim. Pode levar à resistência à insulina, diabetes e obesidade.

O consumo de hidratos de carbono refinados, tais como o pão branco, também pode contribuir para a inflamação, a resistência à insulina e obesidade

Comer alimentos processados e embalados que contenham gorduras trans também é uma causa para promover a inflamação e danificar as células endoteliais que revestem suas artérias.

Os óleos vegetais usados em muitos tipos de alimentos processados também são culpados. Consumi-los regularmente resulta em um desequilíbrio de ômega-6 e ácidos graxos ômega-3, o que leva à inflamação.

Consumo excessivo de álcool e carne processada também pode gerar efeitos inflamatórios no corpo.

Um estilo de vida sedentário também pode promover a inflamação.

Em conclusão: Comer alimentos não saudáveis, beber álcool ou bebidas açucaradas, e receber pouca atividade física conduz inflamação.

 

>> Como reduzir a inflamação com a sua dieta

 

Se você quiser reduzir a inflamação, comer menos alimentos inflamatórios e mais alimentos anti-inflamatórios, siga essas dicas.

Baseie sua dieta em alimentos integrais, ricos em nutrientes que contêm antioxidantes, e evite produtos industrializados.

Os antioxidantes atuam reduzindo os níveis de radicais livres. Estas moléculas reativas são criadas como uma parte natural de seu metabolismo, mas pode levar à inflamação quando elas não estão atuando bem.

Sua dieta anti-inflamatória deve fornecer um equilíbrio saudável de proteínas, carboidratos e gordura em cada refeição. Certifique-se também atender às necessidades do seu corpo de vitaminas, minerais, fibras e água .

Uma dieta considerada anti-inflamatória é a dieta mediterrânea, que foi apontada como ótima para reduzir marcadores inflamatórios como a PCR e IL-6

Uma dieta baixa em carboidratos também reduz a inflamação, especialmente para pessoas que são obesas ou têm síndrome metabólica.

As dietas vegetarianas também têm sido apontadas como uma grande ajuda para reduzir a inflamação.

Em conclusão: Escolha uma dieta equilibrada que corta produtos processados e aumenta a sua ingestão de anti-inflamatórios e alimentos integrais ricos em antioxidantes.

 

(VÍDEO) Dieta Anti-inflamatória

 

>> Alimentos a evitar

 

Alguns alimentos são conhecidos por promover a inflamação. Considere minimizar ou cortar estes para fora completamente:

Bebidas açucaradas: bebidas açúcar – adoçado e sucos de frutas.

Carboidratos refinados: pão branco, macarrão branco, etc.

Sobremesas: biscoitos, doces, bolo e sorvete.

Carne processada: Os cachorros quentes, Bolonha, salsichas, etc.

Os alimentos processados: bolachas, batatas fritas e pretzels.

Certos óleos: óleos descendentes e vegetais como soja e milho.

As gorduras trans: Alimentos “parcialmente hidrogenados” na lista de ingredientes.

Álcool: O consumo excessivo de álcool.

Em conclusão: Evitar ou minimizar os alimentos e bebidas açucarados, consumo excessivo de álcool e alimentos ricos em carboidratos refinados e gorduras saudáveis.

 

>> Alimentos para comer

 

Incluir em abundância estes alimentos anti-inflamatórios:

Vegetais: Brócolis, couve, couves de Bruxelas, couve, couve-flor, etc.

Frutas: Especialmente as coloridas como uvas e cerejas.

Frutas com alto teor de gordura: abacates e azeitonas.

As gorduras saudáveis: azeite de oliva e óleo de coco.

Os peixes gordos: salmão, sardinha, arenque, cavala e anchova.

Nozes: amêndoas e outros frutos secos.

Pimentas: Os pimentões e pimenta.

Chocolate: O chocolate escuro .

Temperos: Tal como cúrcuma, feno-grego e canela.

Chá: chá verde.

Vinho tinto: Até 5 oz (140 ml) de vinho tinto por dia para mulheres e 10 oz (280 ml) por dia para os homens.

Em conclusão: Consuma uma variedade de alimentos integrais ricos em nutrientes que podem reduzir a inflamação.

 

(VÍDEO) Dieta Anti-inflamatória: Dicas e Informações Nutricionais

 

>> Menu de Amostra Para uma dieta anti-inflamatória

 

É mais fácil manter uma dieta quando você tem um plano. Aqui está um grande menu de amostra para iniciar:

 

Café da Manhã

3- omeletes com cogumelos e 1 xícara de couve, cozido em óleo de coco.

1 copo de cerejas.

chá verde e / ou água.

 

Almoço

salmão grelhado em uma camada de ervas misturadas com azeite e vinagre.

1 xícara de framboesa, coberta com o iogurte grego e nozes picadas.

chá gelado, água.

 

Lanche

Tiras de pimentão com guacamole.

 

Jantar

Frango ao curry com batata doce, couve-flor e brócolis.

Vinho Tinto (5-10 oz ou 140-280 g).

O chocolate escuro (de preferência pelo menos 80% de cacau).

Em conclusão: Um plano de dieta anti-inflamatória deve ser bem equilibrada, incorporando alimentos com efeitos benéficos em cada refeição.

 

>> Outras dicas para reduzir a inflamação

 

Depois de ter seu cardápio saudável organizado, certifique-se de incorporar esses outros bons hábitos a um estilo de vida anti-inflamatória:

Suplementos: Certos suplementos podem aumentar os efeitos anti-inflamatórios de alimentos, incluindo o óleo de peixe e curcumina.

O exercício físico regular: Exercícios podem diminuir marcadores inflamatórios e o risco de doença crônica.

Sono: Obter o suficiente de sono é extremamente importante. Uma noite de sono aumenta a inflamação.

Em conclusão: Você pode aumentar os benefícios da sua dieta anti-inflamatória tomando suplementos e certificando-se de obter o suficiente de exercícios e sono.

 

(VÍDEO) Alimentos Anti-inflamatórios

 

>> As recompensas de um estilo de vida anti-inflamatório

 

Uma dieta anti-inflamatória, juntamente com os exercícios e uma boa noite de sono, pode lhe proporcionar muitos benefícios:

Melhoria dos sintomas de artrite, síndrome do intestino inflamatório, lúpus e outras doenças auto-imunes.

Diminuição do risco de obesidade, doenças cardíacas, diabetes, depressão, câncer e outras doenças.

Redução dos marcadores inflamatórios no sangue.

Melhorias do açúcar no sangue, colesterol e níveis de triglicérides.

Melhoria na energia e humor.

Em conclusão: Seguir uma dieta anti-inflamatória e um bom estilo de vida podem melhorar os marcadores de inflamação e reduzir o risco de muitas doenças.

 

>> Leve a Mensagem

 

A inflamação crônica não é sinal de que você está doente, mas pode levar à uma doença.

Em muitos casos, os nossos comportamentos de saúde conduzem a inflamação ou tornam ela pior.

Em vez disso, escolha um estilo de vida anti-inflamatório para a melhorar saúde e o bem-estar.

ATUALIZADO: 30/09/2016 (INFOGRÁFICO)

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ | DICAS DE CABELO »

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *