Como Emagrecer 2 Kilos por Semana: Cardapio Nutricionista

Tudo Sobe Como Emagrecer 2 Kilos por Semana

Como Emagrecer 2 Kilos por Semana - Cardapio Nutricionista

RAZÕES QUE VOCÊ PRECISA LEVAR A SÉRIO SE TEM MUITA FOME

Você toma um café da manha pequeno e dentro de meia hora já sentir vontade de comer e devora um pacote de batatas fritas e em poucos minutos você está com fome novamente. Como você vai emagrecer rápido em uma semana?

Você assalta a geladeira para ver o que tem de bom e quando menos espera você está com fome de novo!

E esta não é não primeira vez que isso acontece!

beleza.blog.br.como-emagrecer-2-kilos-por-semana-cardapio-nutricionista

>> Recomendamos Para Você:

 

 (VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 1)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 2)

 

(VÍDEO) 40 Dicas de Motivação Para Emagrecer (PARTE 3)

 

Você pensa – o que poderia estar causando a sua fome? E o mais importante, o que poderia suprimir a fome excessiva?

Sentir fome depois de algum exercício físico é normal. E se você estiver grávida, é claro, você vai ter um aumento de apetite. Você pode também comer mais quando esta se recuperando de uma doença.

Mas em outra situação a fome excessiva pode ser um sintoma de diferentes doenças. Quando se quer emagrecer rápido com exercícios.

Observe como o desejo por comida acontece! A quanto tempo vocês esta assim! E se você consegue achar uma causa para isso, como mudança de habito, de horário, de lugar E se é quando você está estressado!

O estresse persistente e ansiedade é um pulo para uma fome excessiva.

Sempre que estamos estressados o cérebro é acionado para produzir hormônio liberador de corticotropina (CRH) e adrenalina que suprimi o apetite.

Mas, se o estresse persiste, as glândulas suprarrenais liberam o hormônio cortisol, que aumenta o apetite. Se o estresse é prolongado, o cortisol pode ficar elevado causando a fome excessiva.

Distúrbios de saúde mental, tais como transtorno bipolar e depressão associado a um desequilíbrio de substâncias químicas no cérebro, deficiências hormonais e fatores genéticos podem aumentar o desejo por comida. Assim como remédios para emagrecer rápido.

O transtorno bipolar é caracterizado por mudanças bruscas de humor, níveis de energia muito elevados e impulsividade. Depressão, por outro lado, se caracteriza por sentimentos persistentes de tristeza, baixos níveis de energia e dificuldade de concentração.

Os transtornos alimentares como bulimia, causam fome excessiva. Bulimia envolve compulsão alimentar, o que significa comer demais ou comer quantidades descontrolada maiores de alimentos do que faria normalmente dentro de aproximadamente duas horas.

Esta fase de compulsão alimentar é seguida por vômito induzido. Um transtorno alimentar é semelhante a comer compulsivamente.

Esse distúrbio começa gradualmente como em uma criança que desconta na comida quando fica chateada e com o tempo ela aprende que a comida é como se fosse um remédio.

Às vezes, fome excessiva também podem ser sinais de uma infestação por vermes no intestino. Esses vermes, por exemplo: tênias podem viver por um longo período de tempo sem ser detectado em você.

Estes parasitas roubam do nosso corpo todos os nutrientes essenciais e deixam você com gorduras e açúcares indesejáveis. Você começa a sentir fome incontrolável e tende a comer demais.

Hipoglicemia ou baixo açúcar no sangue é outra razão pela qual você sente uma fome excessiva.

Sintomas de hipoglicemia, como a fome, fadiga, dores de cabeça, suores frios, confusão e tremores leves podem ser causadas por excesso de exercício e não carboidratos suficientes, dieta brusca e dependência de álcool.

 

(VÍDEO) Como Emagrecer 2 Kilos por Semana – Novo Cardápio

 

Nestes casos, a hipoglicemia é curta e os níveis de açúcar no sangue são restaurados quando você come de novo. Mas se você tem uma doença hepática, a hipoglicemia se torna crônica e você tem vontade de comer o tempo todo.

Isto é porque o corpo geralmente produz açúcar no fígado para evitar que os níveis de açúcar no sangue caiam. E se você tem uma doença hepática, o fígado não será capaz de produzir açúcar.

Diabetes tipo 2 , também, pode fazer você sentir fome constantemente. Ok, é fácil entender por que você sente tanta fome quando tem baixo e açúcar no sangue, mas como você pode sentir fome quando está sobrecarregado com açúcar?

Curiosamente, o açúcar elevado no sangue causa fome, mesmo que você não precise de mais comida. Isso ocorre porque cada célula do seu corpo depende de insulina para obter o açúcar do sangue.

Se não há insulina suficiente ou se ela não estiver funcionando corretamente, assim, as células enviam um sinal para o cérebro para comer mais. E isso faz você sentir fome constantemente.

Certos medicamentos como corticóides, cyproheptadine e antidepressivos tricíclicos são conhecidos por causar a hiperfagia.

Desejo de alimentos é um sintoma físico comum da síndrome pré-menstrual (TPM).

A síndrome ocorre durante a segunda metade do ciclo menstrual e desaparece dentro de 1 a 2 dias após o início do ciclo. Outros sintomas incluem inchaço, dor de cabeça, diarreia ou constipação e sensibilidade mamária. Mudanças de humor, fadiga e problemas de sono também ocorre durante este tempo.

Fome excessiva também está associada com hipertiroidismo e doença autoimune que afeta a tiróide.

As funções da tireóide aumentam a taxa metabólica, por isso, uma tireoide hiperativa mostra sintomas de hiperatividade, insônia, ou fome constante mesmo ja tenha se alimentado.

Aliás, quando se tem disturbio da tiroide, você precisa tem uma dieta saudável se quer perder peso e fazer mais exercícios do que uma pessoa que não tem.

Doenças genéticas, como a síndrome de Prader-Willi (PWS) às vezes são responsáveis pela fome excessiva. A doença é caracterizada por excesso de apetite com progressiva obesidade, baixa estatura e retardo mental.

PWS é a forma genética mais comum de obesidade, mas o porque dela provocar fome excessiva ainda não é totalmente conhecido.

Os investigadores pensam que pode ser devido à presença de altos níveis do hormônio do apetite chamado grelina.

Altos níveis de grelina aumentam a contade comer alimentos altamente calóricos, por isso não é difícil de adivinhar por que uma pessoa com PWS tende a comer mais e engordar.

Anomalia cromossómica, uma desordem de novo gene pode causar fome excessiva. Um desequilíbrio entre a ingestão de energia e resulta em gasto energético. E uma parte do cérebro, denominada hipotálamo, regula estes dois fatores.

Hipotálamo contém numerosos pequenos núcleos que produzem hormônios responsáveis pela temperatura corporal, a fome, a regulação do humor, e outras funções do corpo autonômicas.

Um desses núcleos (núcleo paraventricular PVN) é responsável pela regulação da fome. Quando se tem PVN por causa de defeito estrutural, você sente fome excessiva e comer demais.

Ambiente intrauterino adverso foi encontrado como sendo o precursor de fome excessiva. Pesquisadores proporão uma causa muito interessante para hiperfagia.

Eles descobriram que a fome excessiva pode ser uma consequência da “programação fetal”. Eles se baseiam na teoria de que se houverem condições adversas no útero da mãe, desnutrição, as alterações metabólicas e hormonais ocorrem no feto para se adaptar às condições intrauterinas.

Se essas respostas adaptativas persistirem mesmo depois que o bebê nasce, isso leva a distúrbios metabólicos, cardiovasculares e endócrinos.

Contate seu médico se você tiver aumento persistente do apetite. E não procure tratamentos por si própria, isso pode resultar em complicações graves e danos permanentes.

 

>>> CARDÁPIO PARA CONTROLAR O APETITE

Café da Manhã

  • Opção 1: 1 copo de suco de bebida de soja com morango e chia, 1 fatia de pão integral com cream-cheese light, ½ manga picada
  • Opção 2: 2 torradas integrais com cream cheese, 1 xícara de café com leite
  • Opção 3: 1 xícara de café com leite, 1 fatia de pão integral com pasta de tofu
  • Opção 4: 1 copo de suco de mamão e leite de soja, 1 fatia de pão integral com pasta de tofu

 

Lanche da Manhã

  • Opção 1: 1 copo de iogurte desnatado
  • Opção 2: 1 fatia fina de bolo de frutas, 1 copo de suco de uva
  • Opção 3: 1 cookie integral
  • Opção 4: 1 maçã

 

Almoço

  • Opção 1: 1 prato de sobremesa de salada de grãos de trigo, 2 colheres de purê de aipim, 1 hambúrguer de soja
  • Opção 2: 1 prato de sobremesa de rúcula com tomates cereja, 3 pegadores de espaguete, 1 taça de salada de frutas com aveia
  • Opção 3: 1 prato de salada de macarrão, 1 filé de frango grelhado, 4 buquês de brócolis alho e óleo, 1 taça de frutas picadas com 1 colher de sopa de granola
  • Opção 4: 1 porção de salada de alface com maçã, 1 porção de almôndegas de soja ao sugo, 1 porção de macarrão integral com cenoura e abobrinha

 

Lanche da Tarde

  • Opção 1: 1 copo de suco de laranja, 1 barra de cereal
  • Opção 2: 1 xícara de chá de hortelã, 1 pedaço de bolo integral
  • Opção 3: 1 xícara de chá de camomila, 2 torradas integrais com geleia
  • Opção 4: 1 banana cozida com canela

 

Jantar

  • Opção 1: 1 sanduíche natural
  • Opção 2: 1 porção de pizza de rúcula
  • Opção 3: 1 prato de sobremesa de salada de folhas verdes, 1 porção de peito de frango assado, 2 colheres de macarrão
  • Opção 4: 1 porção de salada de repolho, 1 porção de torta de legumes e peito de peru, 1 picolé de limão

 

Ceia

  • Opção 1: 1 pêra
  • Opção 2: 1 fatia de abacaxi com raspas de limão
  • Opção 3: 1 pêssego
  • Opção 4: 1 kiwi

ATUALIZADO: 07.11.16 (INFOGRÁFICO)

 

medico-emagrecer-mulher-projeto-novo-1-197x300_mini

 

>> >> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *