27 PRINCIPAIS BENEFICIOS DO BROTO DE BAMBU PARA SAUDE

Conheça os Principais Benefícios do Broto de Bambu

27 PRINCIPAIS BENEFICIOS DO BROTO DE BAMBU PARA SAUDE

Quais são os Benefícios do Broto para Saúde

Brotos são germinados de sementes de legumes ou grãos e este processo de germinação dá um monte de qualidades benéficas para a saúde. Brotos são considerados uma maravilha por causa de seu alto valor nutritivo.

Na época de brotação, cuidados especiais devem ser tomados para evitar a formação de fungos. Use um frasco de vidro para fazer brotos de trigo ou de alguns outros brotos especiais que estão disponíveis no mercado e colocá-lo sob o sol da manhã.

 

Tipos de brotos

Existem inúmeras variedades de couves disponíveis, que incluem sementes de alfafa, soja, grama, ervilhas, trigo e feno-grego.

Feijão preto, feijão, ervilhas, grão de bico e feijão também pode ser usado como sementes germinadas. Eles fornecem vitaminas, proteínas e minerais, e pode ser útil para tratar certas condições médicas.

 

Benefícios para a saúde dos brotos

Rico em nutrientes essenciais: Couves estão cheias de nutrição e a melhor fonte de uma alimentação equilibrada.

O uso de couves como uma parte da alimentação diária preenche a necessidade alcalina e exigência de alimento acídico, que é importante para a manutenção de uma boa saúde.

Ômega para cabelos saudáveis: consumo regular de brotos dá elasticidade e brilho aos cabelos. Ele contém ácidos graxos ômega 3, que são vitais para a nutrição dos folículos pilosos.

Brotos ajudam a alcançar o equilíbrio hormonal e também restaura a vitalidade do cabelo.

Bom para perda de peso: Os brotos são naturais, fresco e um alimento completo. Eles são facilmente digeríveis, também ricos em fibras e pobre em calorias, pode contribuir positivamente para qualquer perda de peso e são saborosos, além de ser nutritivos.

Fonte de proteína: A qualidade da proteína nos feijões, nozes, sementes e grãos, melhora quando é germinado. O valor nutricional das proteínas melhora durante o processo de imersão e germinação.

Fonte rica de vitaminas: Os brotos contêm uma maior concentração de nutrientes como a vitamina E, potássio, ferro, fitoquímicos, antioxidantes, bioflavonoides, protetores de quimio e proteína.

Eles também conter outros nutrientes, como ácido fólico, zinco, niacina, riboflavina, cobre e magnésio.

Ácidos gordos essenciais: Durante o processo de germinação, a quantidade de aumento de ácidos gordos essenciais. Comer mais brotos é uma excelente maneira de obter mais destes nutrientes importantes.

Fornece energia instantânea: Couves alcançam os diferentes órgãos do corpo rapidamente e dão energia instantânea.

Enzimas: Especialistas estimam que possa haver até 100 vezes mais enzimas em brotos do que frutas e vegetais crus. As enzimas são tipos especiais de proteínas que atuam como catalisadores para todas as funções do seu corpo.

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VÍDEO) Broto de Bambu

 

 

(VÍDEO) Tônico Caseiro de Bambu para Crescimento e Fortalecimento do Cabelo

 

(VÍDEO) Broto de Bambu: Coleta, Preparo e Consumo

 

(VÍDEO) Folhas do Bambu – Cabelos e Dentes Fortes, sem Espinhas no Rosto e Unhas Compridas

 

>> Os Benefícios de Saúde de Alimentos Germinados (mais receita)

 

Lembre-se de quando você coloca feijão em um frasco na escola primária e ficava observando crescer?

Bem, a experiência da ciência está de volta. Basta dar uma olhada ao redor e ver os alimentos saudáveis. Você agora pode comprar germinadas sementes de chia, feijão e amêndoas para substituir seus grampos velhos regulares.

Você pode até achar massas, pães e batatas fritas de pacote feitas a partir de farinhas germinadas. Pesquise no Google “grãos germinados” e você vai encontrar inúmeros vídeos de DIY ensinando como fazer brotos em casa.

A indústria de brotos está crescendo rapidamente. Projetos firmes, uma pesquisa mostra que as vendas de grãos germinados podem chegar a $ 250.000.000 em 2018, em comparação com os US $ 30 milhões por ano que eles estão trazendo hoje.

 

Mas há realmente benefícios?

Acontece que transformando grãos velhos regulares em brotos podem ter alguns benefícios nutricionais muito intrigantes. Quando as sementes saem na água, eles germinam, fazendo com que as suas camadas exteriores se dividem.

Quando isso acontece, o rebento emergente consome alguns dos grãos dos amidos, alterando, assim, o conteúdo nutricional do alimento, diz a nutricionista Alexandra Caspero, RD, proprietária do Conhecimento nutrição coaching.

O mesmo é verdadeiro para sementes germinadas, legumes ou nozes.

Os clientes que já brotaram seus grãos relatam uma melhor digestão.

Aqui é a parte boa: Porque há menos amido em todos os grãos germinados, a proporção de proteínas e fibras dentro de cada muda torna-se maior, diz ela.

Isso significa que eles automaticamente têm um índice glicêmico mais baixo do que os seus homólogos não germinados.

Em um estudo Journal of Nutrition and Metabolism, pães germinados de grãos provocaram uma resposta mais baixa de açúcar no sangue e maior fluxo de GLP-1- um hormônio da saciedade – no corpo, em comparação com ambos os pães brancos e de grãos inteiros tem o mesmo teor de carboidratos.

Enquanto isso, brotando grãos também faz com que os seus níveis de vitaminas e minerais, incluindo a vitamina D, aumente, explica Gang Guo, diretor de pesquisa de trigo e de qualidade para Ardent Mills e um membro da Associação Americana de Químicos de Cereais.

Germinado aumenta o seu conteúdo folato até 3,8 vezes, de acordo com a pesquisa em The Journal of Agriculture and Food Chemistry.

Imersão e germinação de grãos também parcialmente degrada anti-nutrientes contraproducentes, como o ácido fítico. O ácido fítico pode inibir a absorção de alguns minerais, incluindo ferro e zinco, diz Caspero.

É por isso que a germinação é benéfica para pessoas como os vegetarianos que são pobres em ferro ou zinco (que são tanto mais abundante em alimentos de origem animal).

Imersões cereais integrais e leguminosas também degrada a outra antinutrientes chamado rafinose.

Um “carboidrato que produz gás nos intestinos mais baixos, rafinose é o responsável pelos feijões”. As pessoas que brota os seus grãos relatam uma melhor digestão e uma diminuição dos efeitos colaterais de comer muitos legumes, como o gás.

Você pode estar brotando bactérias.

Embora existam muitos benefícios para os alimentos germinados, pode ser um pouco arriscado. Brotos aumentam os nutrientes, mas também potenciais toxinas. As maiorias tendem a germinar grãos e cereais para torná-los comestíveis sem cozinhar, mas existem alguns cuidados para comê-los crus.

Enquanto comer qualquer coisa acarreta alguns riscos, alimentos brotados têm um pouco mais de cuidado na hora de comer. As condições quentes e úmidas que as sementes precisam para germinar e crescer rebentos também são ideais para o crescimento de bactérias, incluindo salmonela, listeria e E. coli, diz porta-voz da US Food and Drug Administration Jason Strachman Miller.

Por esse motivo, a FDA emitiu dois documentos de orientação para ajudar o produto à indústria de alimentos germinados de forma mais segura.

“Enquanto muitos brotos adotaram as recomendações contidas no Guides Sprout da FDA, que não é universal e manifestações associadas com os brotos têm continuado a ocorrer”, diz Miller.

(Entre 1996 e 2014, mais de 40 reportados surtos de doenças transmitidas por alimentos têm sido associados à couve crua e levemente cozidos.) “O FDA está agora desenvolvendo um regulamento de segurança que faria muitas recomendações de orientação para produtores de broto” ele diz.

Ainda assim, se você escolher brotar em sua casa, elimine qualquer risco de doenças de origem alimentar, seguindo um guia.

 

> Como fazer brotos em casa

Quando se trata de brotação, você tem um monte de opções. Amêndoas cruas, feijão preto, trigo sarraceno, feijão mungo, grumos, lentilhas, quinoa, arroz selvagem, bagas de trigo, milho, cevada, amaranto, kamut, sementes de rabanete, alfafa, feijão azuki e grão de bico, são todas boas opções, de acordo com Caspero. No entanto, todas as porcas que foram pasteurizadas e irradiadas, mesmo se eles são listados como matéria, não vai brotar. Você também não pode germinar sementes de linho.

A Universidade da Califórnia Divisão de Agricultura e Recursos Naturais recomenda a compra de sementes certificadas livre de patógenos. Depois de escolher suas sementes, siga esses passos.

Aqueça suas sementes no fogão por cinco minutos em uma solução de peróxido de hidrogênio, pré-aquecido a 140 graus, recomenda UC Davis. Você pode comprar o peróxido de hidrogênio em lojas de sementes. Use seu termômetro de cozinha para atingir a temperatura certa.

Lavar as sementes em água corrente da torneira durante um minuto, e colocá-los em um recipiente higienizado. Um frasco de pedreiro vai funcionar bem, diz Caspero.

Para esterilizar o frasco, coloque em uma xícara com 3/4 de água sanitária por pelo menos cinco minutos, depois enxaguar com água limpa.

Encha o depósito de germinação com água o suficiente para que cubra as sementes, além de uma polegada. Escumar e jogar fora todas as sementes flutuantes e detritos, o guia UC Davis recomenda.

Cobrir a boca do frasco com um pedaço de gaze e aperte o anel exterior da tampa sobre o frasco para assegurar a gaze, diz Caspero.

Coloque o recipiente longe de áreas de preparação de alimentos, animais de estimação e áreas ocupadas da casa. Dependendo do que você está brotando, o tempo de imersão pode variar de três a 12 horas, ela diz.

Agora drenar, derramando a água para fora através da gaze. Em seguida, coloque água doce através da tampa e agite para enxaguar abundantemente. Escorra e faça novamente. Continue a enxaguar e escorrer duas vezes por dia. Os brotos devem ficar prontos em um a quatro dias.

Desfrutar de alimentos germinados no prazo de dois a três dias. Cozinhá-los antes de comer para matar todas as bactérias que possam ter escapado durante o processo de germinação, diz ela.

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ | DICAS DE CABELO »

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *