27 Incríveis Remédios para Feridas nos Pés (ATUALIZADO)

Tudo Sobre 27 Incriveis Remédios para Feridas nos Pés

Remédios para Feridas nos Pés

Remédios Caseiros para Feridas de Sapato

Feridas de sapato é um problema comum e uma infeliz desvantagem para a alegria de um novo par de sapatos.

Uma ferida de sapato é uma infecção feia que ocorre com o pé após usar sapatos novos ou mal ajustados.

Os sapatos apertados contra a pele causa atrito que eventualmente resulta em inflamação, dor e inchaço.

Sapato apertado dói mais quando você esta em pé ou andando e pode levar a bolhas e deixar cicatrizes.

As mulheres são mais propensas a feridas de sapato, já que eles usam sapatos apertados, estreitos e desconfortáveis, mais frequentemente do que homens.

O primeiro passo para curar uma ferida de sapato é evitar o sapato que desencadeou o problema.

Você pode começar a usar esse sapato novamente depois que a pele cicatrize completamente.

Você pode tratar uma mordida de sapato com um creme anti-séptico, mas existem remédios caseiros simples que são tão bons para reduzir a dor, promover a cura e prevenção de cicatrizes.

 

>> Recomendamos Para Você:

 

(VIDEO) Pé de atleta – Causas, Sintomas e Tratamentos

 

(VIDEO) Calcanhares Rachados – Causas e Tratamento Receita

 

(VÍDEO) Suor Forte Nas Axilas e Pés – Causa e Tratamentos

>>> Aqui estão os 10 Remédios para Feridas de Sapato

1. Óleo de Coco

Óleo de coco é um os melhores remédios para feridas de sapato.

Suas propriedades hidratantes e anti-inflamatórios ajudará a curar uma ferida de sapato rapidamente.

Queime uma folha de árvore de coco maduro, verde.

As cinzas se misturam com o óleo de coco o suficiente para aplicá-lo sobre a área afetada.

Faça isso duas ou três vezes diariamente até que a pele cicatrize completamente.

Misture uma colher de chá de cânfora e um pouco de óleo de coco.

Aplique suavemente sobre a pele afetada duas vezes ao dia por alguns dias.
Isso vai diminuir a dor assim como inflamação e coceira.

Para evitar feridas de sapato, você pode até mesmo aplicar algum óleo de coco no interior do sapato antes de usá-lo.

 

2. Mel

Mel é um outro remédio eficaz para feridas de sapato.

A natureza curativa do mel vai acelerar a cicatrização, diminuir o hematoma e reduzir a inflamação e dor.

Além disso, ajudará a clarear cicatrizes de ferida de sapato. Use mel cru, orgânico para resultados rápidos.

Misture quantidades iguais de óleo, mel e gergelim orgânico. Aplique sobre a área afetada.

Deixe-a secar por conta própria e enxague com água morna. Repita duas vezes por dia até obter os resultados desejados.

Aplicar o mel sobre a área afetada três vezes ao dia também irá ajudar a curar o problema.

 

3. Farinha de Arroz

Farinha de arroz é um bom remédio para se livrar de uma cicatriz de ferida de sapato.

Ela funciona como um esfoliante caseiro para se livrar das células mortas da pele.

Misture uma ou duas colheres de sopa de farinha de arroz com água suficiente para fazer uma pasta grossa.

Aplique a pasta sobre a cicatriz de ferida de sapato.

Deixe agir por 15 minutos ou até secar.

Lave seus pés com água morna.

Repita duas ou três vezes por semana até que a cicatriz se desfaça.

 

4. Aloe Vera

Você pode usar aloe vera para reduzir a sensação de ardor, inflamação e dor de uma ferida de sapato.

As propriedades anti-inflamatórias e calmantes de aloe vera ajuda a pele cicatrizar rapidamente.

Sendo rico em propriedades antimicrobianas, também impedirá infecção.

Extraia o gel de uma folha de aloe vera.

Aplique sobre a área afetada.

Deixe secar por conta própria e enxague com água morna.

Repita várias vezes ao dia por três a quatro dias.

 

5. Cúrcuma e Lilases

A combinação de cúrcuma e lilases (também conhecida como Nim) é outro bom remédio para feridas de sapato.

Os dois ingredientes contêm propriedades anti-inflamatórias, bem como antimicrobianos que ajudam a tratar a inflamação, dor e prurido.

Rasgue um punhado de folhas frescas de lilás indianos, mais ou menos com as mãos.

Coloque as folhas em um liquidificador juntamente com uma colher de sopa de açafrão e um pouco de água.

Misture para formar uma pasta grossa.

Aplique a pasta sobre a ferida de sapato.

Deixe agir por 20 minutos antes de enxaguá-lo com água morna.

Repita duas vezes diariamente, por alguns dias.

 

6. Gelo

Aplique uma bolsa de gelo sobre a pele afetada isso irá aliviar a inflamação, anestesiar a área e aliviar a dor.

Coloque alguns cubos de gelo em uma toalha e aplique sobre a área afetada por cerca de 10 minutos.

Você também pode colocar a área afetada sob uma torneira por alguns minutos.

Use qualquer um desses remédios várias vezes ao dia.

 

(VÍDEO) Micoses e seus Tipos

 

7. Álcool

Feridas de sapato também podem ser tratadas com álcool devido a sua propriedade anti-séptica.

Ele dá alívio da irritação e da dor. Também reduzirá a chance de infecção.

Coloque uma pequena quantidade de álcool em uma bola de algodão.

Esfregue sobre a área afetada e deixe agir.

Faça isso várias vezes ao dia por dois a três dias.

 

8. Aspirina

A aspirina tem fortes propriedades anti-inflamatórias que podem efetivamente reduzir o inchaço e a inflamação comumente associado com mordidas de sapato.

Moa uma aspirina regular em forma de pó.

Adicione algumas gotas de água para fazer um pasta.

Aplique a pasta na área afetada.

Deixe por algumas horas e depois lave com água morna.

Faça isso duas vezes ao dia por alguns dias.

 

9. Creme Dental

Se você tiver bolhas devido a uma ferida de sapato, pasta de dentes pode ajudar a secar as bolhas rapidamente.

Isso funciona porque a pasta de dente contém ingredientes como bicarbonato de sódio, peróxido de hidrogênio, álcool e mentol.

Também, pasta de dente pode reduzir coceira.

Aplique um pouco de pasta de dente branca sobre a área afetada.

Deixe agir por duas horas.

Limpe com um pano úmido.

Aplique um pouco de vaselina.

Faça isto diariamente até que a bolha desapareça.

Nota: Não use creme dental à base de gel.

 

10. Limão

A propriedade ácida do suco de limão age como um anti-séptico natural e ajuda a reduzir a coceira.

Além disso, pode ajudar a reduzir a chance de ter uma cicatriz de uma ferida de sapato.

Extrai o suco de um limão fresco.

Aplique sobre a área afetada usando uma bola de algodão.

Deixe secar e enxaguar com água morna.

Use este remédio duas vezes ao dia por cerca de uma semana.

Quando se trata de mordidas de sapatos, a prevenção é muito melhor que a cura.

>>> Aqui estão alguns passos simples que podem ajudar a prevenir feridas de sapato:

Ao comprar um novo par de sapatos, examine vários fatores como a qualidade do material, as bordas e peso do sapato.

Sempre compre sapatos que se encaixam bem, nem muito apertada nem muito solto.

É importante experimentar antes de comprar os sapatos.

Ambos os sapatos e a caminhada por alguns minutos apresentam o nível de conforto.

Aplique o óleo de coco, azeite ou óleo de rícino dentro de seus sapatos novos nas áreas com problema durante três noites consecutivas para amaciá-los antes de usar.

Aplique um pouco de vaselina sobre seus pés antes de colocar um par de sapatos novos.

Use meias de boa qualidade para evitar feridas de sapato.

Os remédios caseiros e medidas preventivas acima mencionadas são bastante seguras quando usadas corretamente, mas é melhor verificar com um médico se você tiver bolhas dolorosas ou sinais de infecção.

 

15 Revelações que seus Pés Demonstram sobre sua Saúde

 

1. Pés sempre frios

O que revela:

Seus pés estão sempre frios, mesmo se a temperatura não é um defeito?

Este é provavelmente um problema de fluxo de sangue ou de um metabolismo lento.

No entanto, a doença subjacente pode ser associada com ele, tais como problemas de tiroide ou anemia.

O que fazer?

Consulte um podólogo ou médico se outros sintomas acompanhar a sensação de frio: descoloração da pele, inchaço, perda de sensibilidade, fadiga, pele seca.

 

2. Feridas que não cicatrizam

O que ele mostra:

Pode ser um sinal de diabetes ferimentos leve, como arranhões, cortes ou irritação pode facilmente passar despercebida e agravar as pessoas diabéticas com a falta de sensibilidade nos pés, uma condição que ocorre quando a doença não é bem seguida.

O que fazer?

Tratar a infecção e consultar um médico imediatamente.

Outros sinais de diabetes incluem sede persistente, fome extrema, perda de peso e aumento da fadiga.

 

3. Pés quentes

O que ele mostra:

Esta é a “síndrome dos pés queimando”.

A sensação de calor nos pés, acompanhada de formigamento e dor pode ocorrer depois de uma bebedeira, um problema de suporte, uma deficiência de vitamina B5, alergia a qualquer tecido ou devido à transpiração excessiva

Ele também poderia ter se originado a partir de uma disfunção da tiroide ou insuficiência venosa se forem observados outros sintomas como edema.

O que fazer?

Se a dor persistir e estiver preocupado, consulte um médico.

 

4. Pés inchados

O que revela:

Inchaço no pé (muitas vezes assimétrica) e pernas pesadas são muitas vezes sintomas associados à má circulação ou desordem circulação de volta devido à má postura (depois de ficar por longas horas, por exemplo).

Os dois pés inchados pode resultar em retenção de água no corpo causada por problemas de saúde como pressão arterial elevada, problemas cardíacos ou ser um sinal de diabetes.

O que fazer?

Coloque um travesseiro ou dois sob seus pés durante a noite.

Se os pés são longo você sentira sintomas inchados ou outros, consultar um médico.

 

5. Inchado e vermelho ao lado do dedo do pé

O que revela:

Gota, que muitas vezes ocorre na base do dedão do pé.

Este tipo de artrite é caracterizado por crises de dor severa nas articulações devido à inflamação.

A causa?

Um nível anormalmente elevado de ácido úrico no sangue.

O que fazer?

Tome-anti-inflamatórios, mas consultar um médico ou podólogo para um diagnóstico.

 

(VÍDEO) Como Tratar Unha Encravada Passo a Passo

 

6. Dor no calcanhar

O que ele mostra:

A dor ocorre principalmente na parte da manhã?

Ela volta após o exercício?

Esta é provavelmente uma fascite plantar, uma lesão no pé que mais frequentemente afeta os atletas, mas a obesidade também pode ser a causa.

É causada pelo esticar ou romper uma membrana fibrosa do nome do feixe plantar.

O que fazer?

Coloque um bloco de gelo por dez minutos para reduzir a inflamação e consultar um especialista.

Para evitar ferimentos, massagear a área delicadamente e regularmente para amolecer e usar sapatos que suportam adequadamente os arco e amortecer os choques para seu esporte.

 

7. Unhas amareladas, frágeis ou engrossadas.

O que mostra:

Em geral, estes sinais indicam um fungo, uma infecção causada por fungos que infectam a unha.

Estas infecções são capturadas depois de andar descalço em pisos público (piscina, sauna) ou na sequência de um elevado contato com um ambiente úmido.

Mas a causa também pode ser uma fonte de psoríase ou lesão por esforço repetitivo à unha.

O que fazer?

Apenas uma análise micológica por um médico ajuda a fazer o diagnóstico.

Use sapatos que fornecem uma boa ventilação e baixos que absorver o suor.

 

8. Pés virados estão brancos, depois azuis.

O que revela:

A doença de Raynaud, uma doença crônica circulação sanguínea nas extremidades.

A pele afetada repente muda de cor e fica branco quando o fluxo sanguíneo diminui nas artérias e às vezes se tornando azul devido à falta de oxigênio.

Os dedos vão ser tão frios e insensíveis.

O que fazer

Lábios, dedos, orelhas e nariz também podem ser afetados.

Consultar um especialista para o tratamento adequado.

 

9. Cãibras repentinas

O que revela:

Cãibras são contrações involuntárias e dolorosas dos músculos.

Eles podem ser causados por uma desordem estática (uma calçado inadequado pode ser a causa), um esforço muscular anormal, deficiência de desidratação ou minerais e elementos vestigiais tais como potássio, cálcio e magnésio.

O que fazer?

Certifique-se de manter-se hidratado antes, durante e após o treinamento, bom aquecimento antes de iniciar um programa de exercícios e uma dieta equilibrada.

 

10. Unhas curvas e dedos deformados

O que revela

Suas unhas têm uma aparência “vidro de relógio”, arredondado na parte superior e os dedos dos pés são deformados?

Isto são boatos.

Estes sintomas ocorrem principalmente em que os dedos poderia ser um sinal de um problema de coração, uma doença digestiva e, na maioria das vezes, uma doença pulmonar.

O que fazer?

Fale com o seu médico para descobrir a causa.

 

11. Dedos em garra

O que ele mostra:

Isso é muitas vezes um músculo ou tendão desequilíbrio causando uma curvatura dos dedos, calos, calosidades e irritação.

Uso de calçados mal ajustadas, que esmagam os dedos dos pés, agravar estas deformações e às vezes são a causa.

O que fazer?

Os tratamentos são muitos, especialmente na baixa distorção, mas em casos graves, é necessária uma solução cirúrgica.

Não espere para procurar assistência médica.

 

(VÍDEO) Micose (Tinha) – Causas, Sintomas e Tratamentos

 

12. Pés secos e ásperos

O que revela:

Estes problemas não são estéticos.

A secura dos pés, o que às vezes causa coceira, rachaduras e irritação podem ser causadas por surgras água muito abrasivo e muito quente.

No entanto, isso pode ser o sinal de pé de atleta, psoríase, diabetes ou de uma condição da tiroide.

O que fazer?

Mergulhe os pés em água morna, hidrata-los com cremes, mas consultar um especialista se os problemas persistirem.

 

13. Dor aguda nos pés

O que ele mostra:

A dor aumenta para o esforço?

Isso pode ser bursite, tendinite, fratura por estresse (após o esforço físico).

Estes sintomas são bastante comuns em atletas.

A dor afeta principalmente entre o 3º e 4º dedo do pé e é acionado quando em pé ou ao andar?

Este é talvez um neuroma de Morton.

O que fazer?

Nos casos leves, o tratamento muitas vezes requer repouso.

Caso contrário, uma visita ao médico pode ser necessária.

Além disso, palmilhas pode aliviar a dor associada com neuroma de Morton.

 

14. Articulações Dolorosas

O que revela: ele pode ser um sinal de artrite reumatoide, a forma mais comum de artrite inflamatória crónica.

A dor é causada por inflamação das articulações, que pode deformar-se (os dedos dos pés são então chamado de “martelo”) quando a doença se agrava.

Este sintoma muitas vezes simétrico (dor é simultânea nos dois Estados) é acompanhado por rigidez e inchaço.

O que fazer?

Os tratamentos prescritos por um especialista em ajuda para aliviar os sintomas.

Fisioterapia ajuda a reduzir a rigidez e aumentar a força muscular.

 

15. Unhas côncavas e pálidas

O que revela:

Unhas pálidas e quebradiças pode indicar uma falta de ferro no organismo ou anemia.

Sintomas como sensação de pés frios, fadiga, falta de ar, dores de cabeça e tonturas ao levantar são outros sinais da doença.

O que fazer?

Comer uma dieta saudável e variada.

Os suplementos de ferro e vitamina C são passos, mas consultar um primeiro profissional de saúde.

ATUALIZADO: 01.08.16

 

medico-emagecer-mulher-projeto-novo

 

>> RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *